Como saber se exite vida após a morte?

Os epiriutalistas afirmam que nós voltamos da morte depois de ficar um período nas colônias de recuperação.

7 Respostas

Classificação
  • Há 1 década
    Melhor resposta

    Vc já tentou morrer para saber? Que eu acho que é o único jeito de saber.

    Mas eu que não quero saber a resposta dessa pergunta tão cedo!

    • Faça login para comentar as respostas
  • Há 1 década

    É um mistério...

    • Faça login para comentar as respostas
  • Há 1 década

    Com sute a Biblia, de Mateus até a Pocalipse.

    • Faça login para comentar as respostas
  • Há 1 década

    Não é preciso morrer para saber. Muitas já utilizam a ciência para poder experimentar essa sensação de quase morte. Tente você também! é uma emoção única!

    • Faça login para comentar as respostas
  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Há 1 década

    É fato. Faça uma análise da sua vida, dos fatos que te ocorreram e verás que estamos aqui para dizimar mal-entendidos, desavenças, aprender, enfim... Precisamos nos recuperar após a morte e ficamos nessas colônias para refletirmos sobre nossas ações enquanto estivemos neste plano material. Após estes eventos, estamos prontos para voltarmos e vencermos coisas que ficaram mal resolvidas. É uma oportunidade desse ser de infinita bondade que chamamos de Deus. Um pai misericordioso que nos permite evoluirmos. Paz e bem a todos os seres da criação...

    • Faça login para comentar as respostas
  • Sinceramente não consigo conceber, por mais que esforço envide para tal, que existirá alguma felicidade, algum alento, alguma vantagem, de ordem psicológica, emotiva ou que suscite alegria, prazer, deleite em viver, com “antevisão” de que quando os órgãos vitais, coração, cérebro, falharem, a vida se extinguirá e perde-se, definitivamente, a consciência do ser. Que alegria há, que prazer, pergunto, em acordar cada dia e, com ânimo e alegria dizer “Que bom estar vivo!” se se saberá que em algum tempo todo esse prazer se extinguirá, pois será efêmero. E então o prazer de viver sentido nenhum terá. Que sentido, pergunto, que sentido tem em adquirirmos conhecimento, em buscar estudos, em ser moralmente correto, em ser ético, em conquistar amizades, afetos, se serão cabedais, conquistas efêmeras? Que antegozo terá a alma para criar obra para a posteridade, se não poderá gozar, após sua “morte” do deleite, do prazer, suscitado por ter deixado obra para o bem daqueles que ficaram? Portanto, concluo que o que chamamos de "vida", ou seja, o que sustem a nossa existência nesse plano, nesse espaço-tempo, no qual estamos inseridos, momentaneamente, é apenas um lampejo, num átimo de tempo, da Vida, ou seja, da própria existência em si, atemporal e eterna. E, então, em cada existência, em cada "vida", adquirimos maior cabedal de conhecimento e moralidade, que serão nosso farnel de conquistas e que não se perderão jamais, pois acompanhar-nos-ão pela eternidade, pois somos eternos e, por conseguinte, as nossas conquistas também o são. Do contrário, perder-se-ia todo o sentido do existir e do persistir. Então, tomo por conclusão, que a maneira de saber se existe vida após a morte é pela lógica. E não consigo conceber lógica maior que essa. Espero ter sido útil. De alguém, que como tu e como todos, busca a verdade em si, despida de preconceitos e dogmatismos. Grande abraço

    • Faça login para comentar as respostas
  • Há 1 década

    Acho que vc poderá entender melhor a Doutrina Espírita Kardecista, que é altamente científica, estudando a literatura especializada e compreendendo os ensinamentos de Chico Xavier e muitos outros espíritas de credibilidade que psicografam mensagens de espíritos desencarnados ...

    • Faça login para comentar as respostas
Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.