promotion image of download ymail app
Promoted
Anônimo
Anônimo perguntou em Sociedade e CulturaReligião e Espiritualidade · Há 1 década

• Pergunta para os ATEUS : Quando algo de ruim lhe acontece,uma doença,algo que o deixe triste..você faz o quê?

Os cristãos,rezam,pede ajuda divina com muita fé.

E vcs?

É somente uma curiosidade minha ok?

sem preconceitos,não julgo à ninguém.

Que ironia,perguntar em religião espiritualidade...mas acho que aqui é onde tem mais ateus...outra ironia!

Beijos à todos!!

=*

Atualizada:

Gente estou falando não somente de dor física,mas de dores psicológicas,que nós seres humanos temos muitas vezes....muitas dúvidas!

22 Respostas

Classificação
  • Há 1 década
    Resposta favorita

    Priii achei sua curiosidade autentica e inteligente e respondendo a ti e a outros que tomam a verdade que querem e não entenderam sua pergunta.

    O místico nada tem a ver com o espiritual. Papo esotérico tou fora! Espiritual não necessita de rituais, mas de um lado sensitivo, outra visão do mundo que não aquela materialista que é estilo de vida sem auto conhecimento. Então fazemos uso de apoios para nos sustentar em um cotidiano com valores cada vez mais superficiais, sentimos falta de algo mais, não raro temos os pilares familiares estruturados de maneira frágil e buscamos a aceitação dentro de um grupo ou usamos muletas da psicologia, dos remédios, das drogas, álcool, vícios, compulsões.

    Cada um é livre para procurar sustento mental onde quiser! Todos crêem e falam de Deus, seja para contestar, duvidar, ofender, crer, respeitar.

    Sou contra todos os fanáticos, sejam eles religiosos ou ateus. Vejo em cada um deles um desespero idêntico que se fundamentam em fenômenos sem investigar e contestar. Hoje as massas seguem a bíblia televisiva, consumista. O ser humano tem necessidade de seguir algo. Preferem-se a mídia ok...

    Vejo qualquer um sem um mínimo de conhecimento e dotados de preconceitos criticando Deus, seria semelhante comparar ao homem da caverna diante da tecnologia, foge muito ao seu conhecimento e lógica conquistada passo a passo e investigada com rudimentares tecnologias materiais.

    Tenho o meu lado bem objetivo e matemático, sou a favor da tecnologia, mas faço uso da minha percepção que pressente, suspeita, intui, ama, sente e como explicar tudo isso? Como explicar o sentir? Não explico, mas sei que existe.

    Não vejo racionalidade no amor, na piedade, na magoa estendida, obvio que não tiramos do mundo e das pessoas explicação para isso, ninguém contesta que o amor existe. Estamos tão ligados no mundo material do consumo que sabemos lidar com isso, conhecemos as melhores marcas de roupas e carros, sabemos os preços, parcelar, juros. Mas quando estamos envolvidos emocionalmente a coisa toda complica, não cultivamos há muito tempo um lado além da nossa inteligência obvia. Conservaram o cérebro de Einstein, estudaram e nada... Motivo de piada no futuro, pois é obvio que a mente não é física, não existe como entendemos. A consciência e os pensamentos fazem parte de outra realidade, uma verdade distante da nossa linha lógica e estudos.

    Deus e Jesus Cristo são foco de vários estudos e pesquisas arqueológicas de gente respeitada na área da ciência, se puder provar fisicamente a existência de Jesus seria a maior descoberta de todos os tempos, pois negaria a ressurreição, agora dar a ele poderes é outra história. Mas é louca a busca espiritual com instrumentos de metal...

    As pessoas vivem na net consumindo informação inútil, enchendo suas vidas de inteligência descartável e não procuram dentro de si mesmas respostas para nada, muitas nem sabe quem são.

    Temos muita lógica mecânica, temos movimentos pelo corpo, sensações, podemos fazer muito com o que temos, mas sem a consciência e os sentimentos para que viver?

    Assim é Deus para mim, e quando fico doente vou ao médico, quando fico triste procuro consolo, quando tenho um problema procuro resolver.

    Faço tudo isso sem me sentir sozinho ou desesperado, pois confio em Deus.

    Não vou a igrejas, rezo, pois é como mantra e anestesia em momento difícil. Já tive momentos onde quase enlouqueci com o que não podia resolver, estava fora das minhas mãos naquele momento desenrolar, mas não estava só e portanto consegui quietação para pensar no que fazer e paciência para realizar. E isso não é misticismo, é consciência que para mim é Deus.

    Cada um que use o nome que quiser, mas todos buscam ajuda dentro de si, usem o nome que quiserem.

    Não sou meramente um animal limitado pela racionalidade. Pedir prova da existência de Deus é estupidez, pois não é físico, assim como o que sentimos.

    Para formar opinião preciso primeiro compreender e dar outro sentido ao que não acredito, simplesmente descartar é atitude vã de incompetência e passividade.

    Abraço Priii e desculpa o "livro"

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 1 década

    Quando tenho doença procuro um médico, quando algo ruim acontece levanto a cabeça analiso o problema e soluciono, não peço ajuda ao além ou ao inivisel.

    "Os que me falam de religião querem meu dinheiro ( que não é muito ) ou minha liberdade ( que é inegociável )" Amém !

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Pantera

    Por muito anos me intitulei agnóstica e com o apoio de meu marido ateu.

    Eu me lembro que algumas coisas que passei foram insuportáveis e não buscava ajuda e conforto em nada e em ninguém.

    Hoje, olhando para trás vejo pessoa dura e impiedosa.

    Depois tive em minha vida um milagre, algo que não dá nem para contar.

    Veja bem, nada mudou, os acontecimentos eram os mesmo.Problemas, doenças, mortes, problemas financeiros, mas....................Ele estava lá.

    Sei no que acredita um ateu e o que sente, mas não troco minha vida de hoje pela que tive anos atrás.

    Hoje enfrento melhor as coisas, pois nunca Jesus prometeu berço esplêndido para ninguém.Mas prometeu estar conosco.

    Maravilha

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Anônimo
    Há 1 década

    Oi....

    Eu não rezo e não peço ajuda divina...

    Se for doença procuro médico e tratamento...

    Se for algo que me deixa triste.... vou procurar identificar o motivo e tentar reverter a situação....

    Mas se for o caso e a situação não puder ser revertida ficarei triste o tempo que for necessário, faz parte da vida nem tudo são rosas...rsrsr

    Beijos!

    Shaiya!

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Há 1 década

    Eu procuro um médico! Não um pa$tor!

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Amiga?

    Tu aqui??

    kkkkkkkk

    Nem acreditei sabias!!!

    A pergunta é direcionada aos ateus,então não é minha praia!

    Mas,como é de minha Pantera querida,eu vim.......

    Só uma colocação ao nosso amigo Mário V.

    Por que alguns,ou muitos evangélicos,estão em um centro médico,não quer dizer,que Deus não os assista.

    Todos nós somos humanos e Deus deixou os médicos pra detectarem doenças,e tb curarem.

    Pois,nem todo cristão,tem tanta fé assim......e mesmo que tenha,ou busque sua cura em Cristo,não pode deixar de buscar a dos médicos,pois Deus só age quando não tem solução.

    Nosso Deus é o Deus do impossível,mas isso,é pra quem busca,quem nEle crer realmente,pois sem fé,é impossível agradar a Deus!

    Triste né,vcs buscarem ajuda em si mesmos..muito triste,pois ignoram seu Criador,como si nunca tivessem precisado dele......

    Sinto pena de pessoas que não conseguem enxergar a verdade de Cristo,que morreu por vcs,mas si acham supers dotados de todo entendimento.

    Não estou querendo ofender ta,só mesmo disse o que acho.

    Que Deus tenha compaixão de todos.

    Beijos linda.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 1 década

    Eu procuro um médico.

    Mas será que eles só rezando eles melhoram?

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 1 década

    Procuro a causa para combater

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Anônimo
    Há 1 década

    Oi querida, passei só para te dar um beijo e estrelar sua pergunta, pois eu acredito muito em Deus, mas sabe, muitas vezes as pessoas dizem acreditar em Deus, mas talvez não sintam Deus tão de perto quanto aqueles que bem para outros fazem.......

    Um beijo minha querida, uma otima Pascoa para ti

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • NINO
    Lv 5
    Há 1 década

    Em caso de doença, inclusive as psíquicas se for o caso, faço a única coisa sensata que se pode fazer, procuro um médico.

    Quando se trata de algo sem solução, como uma doença incurável, ou a perda de um ente querido, só nos resta entender que são fatos inerentes à vida e que devem ser aceitos com resignação.

    Agora, sem querer parecer arrogante, os ateus em geral são pessoas muito bem resolvidas emocionalmente, até porque se não o forem não serão realmente ateus, e têm consciência de que as dificuldades que surgem no campo amoroso, profissional, e dos relacionamentos em geral, são resultados de falhas e erros de avaliação que se cometeu anteriormente.

    Dessa forma procuro, quando possível, corrigir esses erros, ou pelo menos tomá-los como lição para não reincidir.

    Se quero conquistar uma garota, ou comprar um carro novo, ou me curar de alguma doença, vou apenas agir, ou traçar um plano, para atingir esse objetivo de forma prática e racional, e não ficar pedido para o Papai Noel, ou à Fada Madrinha, para que me dê, ou me auxilie à conseguir.

    Esse tipo de atitude é que para mim é difícil de compreender, se é que me entende.

    .

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.