Continua a velha história no novo natal?

A incrivel cena comum , cidades que ostentam a opulência de metrópolis, não é preciso ir longe pra encontrar pelo menos uma dessas pobres almas em cada esquina, são retratos fiéis de "vidas descendentes" em pleno processo de degeneração, relegadas ao esquecimento e a sua própria sorte. Desde que estejam... mostrar mais A incrivel cena comum , cidades que ostentam a opulência de metrópolis, não é preciso ir longe pra encontrar pelo menos uma dessas pobres almas em cada esquina, são retratos fiéis de "vidas descendentes" em pleno processo de degeneração, relegadas ao esquecimento e a sua própria sorte. Desde que estejam bem distante da dita "sociedade" serão tratados como fantasmas por sua invisibilidade.
A esmagadora maioria ignoram esses seres que perambulam pelas ruas com suas "carriolas de bagulhos" e pouco importa se no lugar de casa ele tiver um barraco, no lugar de cama uma forração, no lugar de pratos com alimentos apenas latinhas vazias e no lugar de homem um maltrapilho de esperanças....
Essa dura realidade, em pleno 2011, ainda é o retrato urbano da desigualdade social.

Como dizia o sábio e visionário Mahatma Gandhi, a multiplicidade de hospitais não é sinal de civilização, é sintoma de decadência.

Desejo que possamos juntos mudar a história desse natal...
1 sorrisão pro 6
Atualizar: Paloma minha maiga, mais do que fazer algo... é estar no lugar deles.
20 respostas 20