No Brasil, a mídia é livre ou a mídia tira a liberdade?

O texto abaixo é uma resposta que dei a um amigo e uma amiga aqui do YR. A amiga disse que seria um tema interessante para discussão. Então resolvi colocar aqui para que seja discutido. Certo dia, eu estava esperando a minha vez em uma barbearia pra cortar o cabelo. Enquanto esperava, olhava uma... mostrar mais O texto abaixo é uma resposta que dei a um amigo e uma amiga aqui do YR. A amiga disse que seria um tema interessante para discussão. Então resolvi colocar aqui para que seja discutido.


Certo dia, eu estava esperando a minha vez em uma barbearia pra cortar o cabelo. Enquanto esperava, olhava uma revista.

Essa revista trazia algumas propagandas de biquínis. Até aí, tudo bem. O que chamou a atenção foi que, observando as modelos, percebi que faltavam seios e outros atributos. Achei estranho. Depois, prestando atenção nos rostos, vi que não eram mulheres, mas meninas, ou melhor, crianças.

As modelos em toda aquela revista deveriam variar entre 12 e 15 anos, no máximo.

Isso é sensualidade infantil, não é? É saudável?

Vendo essa revista e outras, pois todas tinham crianças como modelos, me lembrei daquela minissérie que passou na Globo há algum tempo: "Presença de Anita". É uma minissérie onde conta uma história de amor e sexo entre um homem na casa dos 40 e uma adolescente de 15 anos.

Isso é pedofilia, não é?

Como sabemos, a natureza humana, o instinto, luta por sua sobrevivência, ou seja, quer reproduzir, perpetuar a espécie, quer sexo. Entretanto, como todos sabem, o instinto não pensa, não é racional.

Esse é o nosso lado selvagem, se esse lado é estimulado excessivamente, perde-se o controle.

Vemos recentemente uma explosão de pedofilia, todo dia tem algum caso desse tipo na TV. Por que isso ocorre?

Porque não há limites, não há controle, não há regras, apenas ESTÍMULOS. Desse modo o comportamento humano é influenciado e alterado.

Graças a estímulos como esse, novamente pela mídia, é que vemos cada vez mais pessoas concordando que viciado em drogas é alguém sem culpa, um coitadinho vítima do traficante malvado. Por isso, ser usuário não é mais crime, virou apenas contravenção.

Se ser usuário não é crime, então ser traficante também não é, pois um existe em função do outro.

É o tráfico o principal responsável pela violência que vivemos. O tráfico existe por causa do usuário. O dinheiro do tráfico vem do usuário. As armas do traficante existem pra proteger o consumo do usuário.

Mas, o usuário foi obrigado a ser o viciado que é? Ou ele mesmo fez essa escolha? Então, ele é inocente?

Vemos que ao proteger o usuário, a mídia protege o tráfico. Vemos que ao proteger a "cultura da favela", como a Globo sempre fala (principalmente a Xuxa e o Fantástico) de modo que o estado é, então, proibido de fazer mudanças ou qualquer projeto de reurbanização, pois é considerado “ditadura”. Assim, o modo de vida do traficante também é protegido.

Alguém está ganhando algo com tudo isso, mas não é você e nem eu.

Olhe só outra coisa interessante:

O Dunga participou da Copa de 1990, foi considerado um dos responsáveis pela participação vergonhosa de nossa seleção naquela época (embora, pra mim, o técnico Lazaroni foi o grande vilão). Aquela, como a imprensa diz, foi a era Dunga.

Desde então, ele vem sido criticado sistematicamente nestes últimos 20 anos, entretanto, ele tem rebatido e reagido frente a essa perseguição. Não se rebaixou e não se deixou dominar, logo, se tornou o vilão pra tudo.

Dunga foi o capitão do tetra em 1994. Romário, Bebeto, Branco (entre outros) são e foram heróis do tetra, menos o Dunga.

Agora como técnico, ele ganhou a Copa América, A Copa das Confederações e classificou o Brasil em 1º lugar nas eliminatórias e com 3 rodadas de antecedência.

Mas continua sendo xingado, ridicularizado e etc., como se nada tivesse feito.

É evidente que ele odeia a imprensa (e não esconde isso) e a imprensa também o odeia (mas dissimula). E é graças a imprensa que o povo brasileiro está contra ele, pois o povo nunca pensou por si (até eu estava indo no embalo, mas agora resolvi ser mais atento e vi que a coisa não é bem assim como falam).

Percebeu onde quero chegar?

Na época da ditadura a liberdade de expressão era vigiada e o povo manipulado. Hoje a liberdade de expressão continua vigiada e o povo continua manipulado, mas é a própria mídia quem faz isso.

Foi a mídia que escolheu o Collor como presidente, não foi?

Muita gente ganha com a derrota do Brasil. Os manipuladores são os principais, aqueles que detêm a patente da mente do povo brasileiro são os mais interessados nisso.

O Dunga deve perder para que o poder da mídia permaneça.

A mídia destrói quem a desafia, o Brasil inteiro está contra o Dunga, porque a mídia quer assim.

Existem poucas coisas que ajudam na auto-estima do povo brasileiro e o futebol é uma dessas poucas. Muitas coisas boas foram possíveis em nossa história recente influenciados por conquistas no futebol.

A vitória é importante para nossa nação. Mas a mídia não dá a mínima pra isso.

Já reparou como a quantidade de brasileiros torcendo para a Argentina é enorme? Aqui no YR tem muitos usuários que colocaram a bandeira da Argentina como avatar.

Cada um é livre para torcer pra quem quiser, nã
Atualizar: Cada um é livre para torcer pra quem quiser, não é?

Será?

É isso.

Respondam e opinem, por favor.

Obrigado

Graça e paz!!
Atualização 2: Esta pergunta foi feita aqui, na categoria Jornalismo e Mídia e foi excluída em segundos (odeiam críticas). Mas reclamei no YR e ela foi recolocada com um pedido de desculpas pelo YR. Por favor, não a deixem sem respostas, e quem concordar comiga deixa seu desagrado para que vejam que ainda somos livres.
Atualização 3: Encucada,

Fiz o texto longo de propósito, é que eu sabia que você ia ter que ler tudo, kkkkkkkkkkkk.

Brincadeirinha, irmãzinha! Obrigado pela participação.
Atualização 4: Cara Stª Sandra K Agradeço sua participação e entendo a sua preocupação em relação àqueles que sofrem os rigores da lei, afinal, conforme um projeto de lei recente, muitos crimes não serão mais crimes e outros terão a punição amenizada. Mas e aqueles que sofrem a violência desses criminosos que não serão mais... mostrar mais Cara Stª Sandra K

Agradeço sua participação e entendo a sua preocupação em relação àqueles que sofrem os rigores da lei, afinal, conforme um projeto de lei recente, muitos crimes não serão mais crimes e outros terão a punição amenizada. Mas e aqueles que sofrem a violência desses criminosos que não serão mais criminosos?

E o pai de família que tem seus pertences roubados pelo drogado na esquina, pois o mesmo não tem dinheiro para sustentar o seu vício?

A imprensa financiada pelo tráfico concorda com tudo que você disse.

Mas, vamos por partes.

Em relação à pedofilia, não concordo que seja doença, pois qualquer experiência sexual que uma pessoa experimenta, mesmo involuntariamente, a torna capaz de gostar daquilo. Imaginemos um homem adulto, hétero, e que nunca sentiu atração por homens e que vai preso, na cadeia o transformam em “mulher” dos demais contra sua vontade. Com o tempo, após alguns anos, ele será gay ou bi, mas não será mais hétero.
Atualização 5: Qualquer estímulo pode alterar o comportamento natural de alguém, sendo forçado ou não. A análise do comportamento humano não pode ser limitada a “oito ou oitenta”, ou seja, ou nasce assim ou nasce assado e só muda se for doente. A mudança também ocorre por curiosidade e por estímulo entre outras coisas. O ser... mostrar mais Qualquer estímulo pode alterar o comportamento natural de alguém, sendo forçado ou não.

A análise do comportamento humano não pode ser limitada a “oito ou oitenta”, ou seja, ou nasce assim ou nasce assado e só muda se for doente. A mudança também ocorre por curiosidade e por estímulo entre outras coisas. O ser humano é criativo.

Se estudar um pouco verá que qualquer comportamento pode ser estimulado ou ser assimilado pela cultura. No Japão, por exemplo, um mangá (gibi japonês) que envolva sexo entre adolescentes ou adolescentes e adultos ou até com crianças é perfeitamente tolerado. Aliás, a pedofilia é relativamente comum na cultura deles e nunca vemos na mídia escândalos envolvendo pedofilia no Japão, pois são mais tolerantes quanto a isso. Por causa dos animes e mangás, os jovens desde bem cedo já se acostumam com isso. É comportamento assimilado, aprendido. E é isso que está ocorrendo no Brasil atualmente. Não é doença, é doutrinamento.
Atualização 6: Acredito que você não entendeu algo que eu disse, quando disse que crianças estavam sendo usadas de forma sensual, não me referia à propaganda de vestuário especifico para adolescentes, referia-me a propaganda para adultos usando crianças. A sensualidade é inerente e compreensiva em relação ao ser humano adulto,... mostrar mais Acredito que você não entendeu algo que eu disse, quando disse que crianças estavam sendo usadas de forma sensual, não me referia à propaganda de vestuário especifico para adolescentes, referia-me a propaganda para adultos usando crianças.

A sensualidade é inerente e compreensiva em relação ao ser humano adulto, não se espera sensualidade de crianças. A Sensualidade leva à sexualidade, apenas alguém assexuado seria indiferente à sensualidade, logo, a sexualidade precoce de adolescentes leva a gravidez na adolescência, ou seja, crianças parindo crianças.

Adolescentes desfilando de fio dental não são, necessariamente, estimuladas a um modo deturpado de vivência sexual, como a Gianne Albertoni que você citou. Quem “consome” as revistas pra ver as fotos de uma criança com trajes mínimos é que é o problema.
Sinceramente, qualquer um pode ver o problema com isso. Ou uma menina de treze anos, semi-nua, sentada no colo de um marmanjo em propaganda de perfume é saudável?
Atualização 7: Crianças não são aconselhadas a ver essas imagens, mas podem ser fotografadas participando delas? Você acha que “Presença de Anita”, caso fosse com uma personagem de 15 anos não seria pedofilia? Falta-lhe informação. Pedofilia, criminalmente, é quando envolve menores de 18 anos e, além disso, apenas o cortejo de... mostrar mais Crianças não são aconselhadas a ver essas imagens, mas podem ser fotografadas participando delas?

Você acha que “Presença de Anita”, caso fosse com uma personagem de 15 anos não seria pedofilia? Falta-lhe informação. Pedofilia, criminalmente, é quando envolve menores de 18 anos e, além disso, apenas o cortejo de uma criança ou adolescente já é suficiente para ser enquadrado judicialmente.

Novamente afirmo, pedofilia não é doença, nada prova que seja. Assim como homossexualismo também não é ou é? Preferências sexuais dependem de cada um. Existe o hétero, o homo, pedófilo, o zoófilo e etc. Dentro de quatro paredes cada um cria seu próprio mundo, o problema é que tem coisas que são crimes e outras não, apenas isso. Nada a ver com doença.

Em relação ao tráfico, você disse: “Nunca soube de um caso em que o traficante tenha pego a força alguém, o obrigando a consumir drogas, até se tornar viciado”. Concordo contigo, por isso que o usuário é culpado. Pois não foi obrigado, mas voluntário.
Atualização 8: Não houve coação. O usuário é um cliente, se existem clientes, então existem fornecedores. Se ninguém comprasse maçãs, não haveria vendedores de maçãs. Existe traficante, porque existe o usuário. Se não existissem os usuários, então não existiriam os “barões do tráfico”. É com o usuário que tudo começa. Em... mostrar mais Não houve coação.

O usuário é um cliente, se existem clientes, então existem fornecedores. Se ninguém comprasse maçãs, não haveria vendedores de maçãs. Existe traficante, porque existe o usuário. Se não existissem os usuários, então não existiriam os “barões do tráfico”.

É com o usuário que tudo começa.

Em relação a acabar ou não com favelas, percebo que você está completamente mal informada. Existe aquilo que algumas ONGs definem como “cultura da favela”, ONGs, aliás, incentivadas pela Globo. Qualquer mudança tentada, no passado, para reurbanizar algumas favelas no Rio, por exemplo, foram barradas por essas ONGs.

O favelado nada, absolutamente nada, ganha com isso. Mas o traficante, sim.

Em relação às Copas: os períodos de Copa fazem e sempre fizeram bem ao nosso país. Pelo seu modo de falar, creio que seja bem novinha e com certeza não se lembra (ou não viu), mas o Brasil era outro antes de 94.
Atualização 9: Por causa de fracassos em tudo (sejam em Olimpíadas, Copas anteriores, políticos e etc.) e principalmente por causa da ditadura militar. Na sociedade, era visto como errado quando alguém dizia ter orgulho de ser brasileiro, só se falava do Brasil quando era pra criticar ou fazer piadas e os americanos eram vistos... mostrar mais Por causa de fracassos em tudo (sejam em Olimpíadas, Copas anteriores, políticos e etc.) e principalmente por causa da ditadura militar. Na sociedade, era visto como errado quando alguém dizia ter orgulho de ser brasileiro, só se falava do Brasil quando era pra criticar ou fazer piadas e os americanos eram vistos como deuses na terra.

A vitória em 94 fez com que a auto-estima brasileira voltasse a surgir, o crescimento econômico, a estabilidade monetária e o reconhecimento internacional que experimentamos hoje começaram após 94. Vivi essa época, lembro-me muito bem.

Uma vitória na Copa não ilude o povo, na verdade o une. É o povo unido que constrói algo. É o povo orgulhoso de seu país que luta por ele.

Uma vitória de nossa seleção seria muito bem-vinda e se o próximo presidente (seja quem for) for inteligente, poderá usar isso para fazer desse país algo ainda maior, pois terá um povo motivado.
Atualização 10: Fernando Henrique e Lula não são santos e nem gênios (mas deixando a hipocrisia, preconceitos e preferências partidárias de lado), ninguém foi melhor que eles desde Kubitschek e, hoje, o Brasil não é apenas mais um na América do Sul, temos identidade própria e, curiosamente, todas essas mudanças positivas foram... mostrar mais Fernando Henrique e Lula não são santos e nem gênios (mas deixando a hipocrisia, preconceitos e preferências partidárias de lado), ninguém foi melhor que eles desde Kubitschek e, hoje, o Brasil não é apenas mais um na América do Sul, temos identidade própria e, curiosamente, todas essas mudanças positivas foram após 1994.

Uma vitória do Brasil seria muito bem-vinda, com certeza.

E pra terminar, a verdadeira censura é quando a imprensa é proibida de mostrar os males ao povo, as politicagens do governo e etc. A informação deve ser livre. Entretanto, o controle por faixa etária da programação não é censura, é algo necessário.

O que discuto aqui não é a participação do governo na censura, pois no Brasil atual isso não existe.

O que estou dizendo é a mídia não respeitar a liberdade do povo.

Tráfico é dinheiro e MUITO dinheiro. Existem emissoras de TV, políticos e religiosos que participam disso, afinal, o dinheiro corrompe qualquer um.
Atualização 11: A liberdade sexual sem controle e sem limites, principalmente envolvendo os jovens, estimula a desordem e a corrupção em todos os sentidos, pois tudo gira em torno de dinheiro e sexo (ou você não sabe disso?). Controlando o jovem de hoje, obtem-se o controle de uma geração inteira no futuro. Pra quem quer o poder,... mostrar mais A liberdade sexual sem controle e sem limites, principalmente envolvendo os jovens, estimula a desordem e a corrupção em todos os sentidos, pois tudo gira em torno de dinheiro e sexo (ou você não sabe disso?). Controlando o jovem de hoje, obtem-se o controle de uma geração inteira no futuro. Pra quem quer o poder, isso é o paraíso na terra.

Não são apenas os políticos que querem poder, a realidade é maior que isso. Colocar a culpa de tudo nos políticos significa não compreender o mundo em que vive. Políticos não defendem apenas seus interesses, defendem os interesses de quem paga. Governos estrangeiros pagam por fora pra ganharem a concorrência na compra de estatais brasileiras, traficantes pagam para que seus rivais sejam presos e seu pessoal, não. E por fim, a mídia RECEBE dos traficantes, estrangeiros e políticos para que o povo veja, saiba e entenda aquilo que lhes é conveniente e estimula o povo a aceitar isso e defendê-los, assim como você faz.
19 respostas 19