• Eu estou indo na psicologa?

    Minha dúvida é que se eu contar pra ela que fui abusada quando criança, se ela irá poder contar pro meu pai ? Não é uma coisa que eu estou pronta pra falar pro meu pai. Então queria falar com ela e que ela me ajudasse a resolver sem precisar passar isso para meus familiares.
    Minha dúvida é que se eu contar pra ela que fui abusada quando criança, se ela irá poder contar pro meu pai ? Não é uma coisa que eu estou pronta pra falar pro meu pai. Então queria falar com ela e que ela me ajudasse a resolver sem precisar passar isso para meus familiares.
    10 respostas · 4 dias atrás
  • Você retrocederia a sua juventude para mudar alguma coisa?

    Tenho 18 anos. Eu acredito estar com a minha sanidade mental abalada, curso primeiro semestre de graduação na universidade federal, não interajo com ninguém e um amigo que conheci este ano me acha muito disperso e calado, ele me disse que não acha isso normal e que eu deveria procurar ajuda psicológica. Meu... mostrar mais
    Tenho 18 anos. Eu acredito estar com a minha sanidade mental abalada, curso primeiro semestre de graduação na universidade federal, não interajo com ninguém e um amigo que conheci este ano me acha muito disperso e calado, ele me disse que não acha isso normal e que eu deveria procurar ajuda psicológica. Meu desempenho acadêmico está muito ruim. Minhas ideias estão sempre confusas, não consigo me expressar de modo que o que eu diga faça sentido sem pensar muito antes. Queria poder voltar a infância e poder mudar algumas coisas, queria ter estudado mais, lido mais, ter aprendido a tocar um instrumento musical, a pintar, fazer alguma coisa diferente, etc, acho que isso me ajudaria a ter uma vida pessoal mais social. E eu não mês sinto um adulto, dependo financeiramente dos meus pais e moro com minha irmã mais velha na casa do meu cunhado.
    6 respostas · 14 horas atrás
  • Eu quero morrer, ta doendo muito, me ajudem pelo amor de Deus?

    Alguem q puder me dar uma palavra, sinto um vazio que nada preenche, uma dor sem explicação, vontade de tomar venenos pra vr se passa, nao aguento mais isso não tenho dinheiro pra pagar psicologos, sim, vou a igreja, obrigado por me ouvirem.
    Alguem q puder me dar uma palavra, sinto um vazio que nada preenche, uma dor sem explicação, vontade de tomar venenos pra vr se passa, nao aguento mais isso não tenho dinheiro pra pagar psicologos, sim, vou a igreja, obrigado por me ouvirem.
    10 respostas · 2 dias atrás
  • Se vc fosse se matar, de que forma faria?

    8 respostas · 2 dias atrás
  • Eu quero me matar por causa da vida social?

    Se eu nao tenho, eu sofro pq eu nao tenho. Mas qdo eu tenho eu fico tímido e sofro por ser tímido. Essa porcaria de vida social eh so sofrimento. O que eh bom pros outros eh so sofrimento pra mim. Nao eh justo.
    Se eu nao tenho, eu sofro pq eu nao tenho. Mas qdo eu tenho eu fico tímido e sofro por ser tímido. Essa porcaria de vida social eh so sofrimento. O que eh bom pros outros eh so sofrimento pra mim. Nao eh justo.
    7 respostas · 5 dias atrás
  • O que um psicopata responderia se eu o chamasse de psicopata?

    Um psicopata não sabe que é um psicopata, portanto o que ele responderia se eu dissesse a ele é um psicopata?
    Um psicopata não sabe que é um psicopata, portanto o que ele responderia se eu dissesse a ele é um psicopata?
    6 respostas · 1 dia atrás
  • Mulher Pinta as unhas, Por que não amadureceu? Porque é mal resolvida? ou porque é inferior mesmo?

    Esse comportamento é extremamente fútil(comum, sem sentido, banal é só mulher mesmo pra insistir nessa vibe , coisa pra perdedores....
    Esse comportamento é extremamente fútil(comum, sem sentido, banal é só mulher mesmo pra insistir nessa vibe , coisa pra perdedores....
    5 respostas · 1 dia atrás
  • Por que as vezes a gente fica tão carente? sinto falta daqueles olhos verdes penetrante e cabelos morenos longos.?

    Melhor resposta: Olá, Zion! Somos entes gregários, tendemos, naturalmente, a abrir mão momentaneamente de nossas características individuais em função da aproximação ou de uma identidade grupal. Por mais que nos mostremos independentes, realizados ou autossuficientes, a necessidade afetiva é um traço marcante, sendo comum que... mostrar mais
    Melhor resposta: Olá, Zion!

    Somos entes gregários, tendemos, naturalmente, a abrir mão momentaneamente de nossas características individuais em função da aproximação ou de uma identidade grupal.

    Por mais que nos mostremos independentes, realizados ou autossuficientes, a necessidade afetiva é um traço marcante, sendo comum que sejamos acometidos, vez ou outra, pela falta ou privação daquilo que nos apraz ou que nossas lembranças acabem nos remetendo àquilo que foi bom, positivo ou que nos traz a sensação de conforto, de acolhimento, de pertença.


    *Ilustrando essa carência, rs:

    "Foram teus olhos que me deram
    o tema doce da minha canção,
    teus olhos verdes, claros, serenos,
    olhos que foram minha inspiração...

    Aqueles olhos verdes,
    de olhar sereno,
    deixaram em minh'alma
    eterna sede de amar...

    Desejos de carícias,
    de beijos, de ternura,
    de todas as doçuras
    que sabiam brindar...

    Aqueles olhos verdes
    serenos como um lago,
    cujas águas tranquilas
    um dia mirei...

    Não sabem as tristezas
    que em minh'alma deixaram
    aqueles olhos verdes
    que nunca beijarei..."

    https://www.youtube.com/watch?v=1ve9UUDd...
    4 respostas · 7 dias atrás
  • Tenho vontade de matar minhas primas de De 7 e nove anos, é normal né?

    Não sou psicopata ou algo do tipo, mas quando elas vem aqui em casa , brota um ódio , pq elas são muito chatas e mimadas, e ficam inventando coisas...As vezes quando elas estão dormindo , eu bilisco elas ou tampo o nariz delas , eu sinto um ódio muito grande,mas somente com elas
    Não sou psicopata ou algo do tipo, mas quando elas vem aqui em casa , brota um ódio , pq elas são muito chatas e mimadas, e ficam inventando coisas...As vezes quando elas estão dormindo , eu bilisco elas ou tampo o nariz delas , eu sinto um ódio muito grande,mas somente com elas
    6 respostas · 4 dias atrás
  • Normalmente psicopatas, assassinos e essas pessoas em geral tem algum distúrbio mental ou simplesmente cometem os atos?

    Melhor resposta: Normalmente tem disturbios mentais mas não nasceram com eles . Alguns casos são explicados pelo complexo de edipo, mas todos 100% dos casos são explicados pelo tipo de infancia que a pessoa teve e , principalmente sua relação com a mãe pois todos tem 80% da inteligencia da mãe e o carater é formado até os 7 anos... mostrar mais
    Melhor resposta: Normalmente tem disturbios mentais mas não nasceram com eles . Alguns casos são explicados pelo complexo de edipo, mas todos 100% dos casos são explicados pelo tipo de infancia que a pessoa teve e , principalmente sua relação com a mãe pois todos tem 80% da inteligencia da mãe e o carater é formado até os 7 anos de idade (no máximo) pela mãe da pessoa.
    e para quem acredita em espirito etc , mesmo para quem não acredita, existe a interação do bebezinho com a mãe durante a gestação:se a mãe four uma pessoa ruim, maldosa, fria, calculista, egoísta, desumana , covarde...ñ interessa como essa criança seja criada pelas pessoas próximas ela terá a raíz do ódio e da psicopatia instalada dentro dela SIM



    a interação da mulher com o bebezinho e a questão de herdarmos 80% da inteligencia da nossa mãe é algo comprovado CIENTIFICAMENTE .
    7 respostas · 6 dias atrás
  • No yahoo respostas só tem gente frustrada com a vida, concordam?

    Melhor resposta: Não vou responder pelos(as) outros(as), mas por mim mesmo. Nestes últimos 8 anos (2010/2018), acho que piorei, pelo menos nas coisas que dependem (quase que) exclusivamente de mim mesmo, de mérito próprio, de conquista (serviço e aptidão física). Nisso, eu só perdi, só acumulei fracassos. Agora, em coisas que... mostrar mais
    Melhor resposta: Não vou responder pelos(as) outros(as), mas por mim mesmo.
    Nestes últimos 8 anos (2010/2018), acho que piorei, pelo menos nas coisas que dependem (quase que) exclusivamente de mim mesmo, de mérito próprio, de conquista (serviço e aptidão física). Nisso, eu só perdi, só acumulei fracassos.
    Agora, em coisas que dependem menos de mim, aí sim eu melhorei (eu e minha esposa adotamos uma criança).

    Resumo geral: de 2010 até 2018 (ano atual) meu "balanço" foi negativo, pois coisas boas que "obtive", chegaram como decorrência natural da minha vida, comum a muitas pessoas. No tocante a conquistas, que dependem de minhas próprias características e que poderiam atribuir-me destaque positivo, estou num loooongo jejum.
    Não posso afirmar que possuo um quadro de depressão, até porque nunca fui diagnosticado neste sentido, mas muita gente, por muito menos que eu, já pode ser considerada deprimida.

    Nada de interessante para minha pessoa desde 2010, pois de lá para cá nada mais de bom aconteceu em minha vida. Nada de que depende de meus "méritos". Conquistas e vitórias, entende?
    Isso acaba sendo a causa de meu mal humor que surge repentinamente, sem motivo e causa direta aparente. Pelo menos, nada que dá para constatar logo de início e de imediato.
    Pior é que ninguém tem culpa disso e acaba "pagando o pato". Minha esposa e filha, por exemplo.
    Fico indisposto do nada, mesmo em dias em que eu era para estar feliz e radiante, mesmo cercado de pessoas rindo, sorrindo e gargalhando. Acabo rindo e sorrindo de forma forçada, de modo a não transparecer insatisfação.
    Falta de vitórias e conquistas causam isso, querendo eu ou não admitir.
    Em 2015 viajei ao Sul do continente de cruzeiro, uma segunda lua de mel. Foi ótimo, mas durou uma semana. Em 2016 o juiz concedeu a adoção de minha filha, a mim e à minha esposa. Em 2017 houve mudança na chefia do meu serviço e melhorou muito. Estas coisas foram ótimas e obras de Deus em minha vida. Não dependiam de mim.
    Deus fez maravilhas, mas eu não consegui nada.
    Sem Deus ninguém é nada, mas também devemos ter nossos méritos. Infelizmente estou na lanterna, sem valor nenhum e sem autoconfiança para fazer algo novo, por causa do risco de fracassar, como sempre.
    Precisamente em 13/10/2017 fechei um negócio de um carro novo. Comprei um carro novo, fui ao pátio para vistoria e ao cartório para reconhecer firma e formalizar a transferência. Grande coisa. Carro posso "trocar" por outro periodicamente. Daqui há alguns anos este novo carro já terá novo(a) proprietário(a) e outro carro estará aqui comigo. É bom, mas não significa conquista propriamente.

    Frutos de mérito e capacidade minha já estou num longo jejum.
    Coisas que se conquistam e que dão uma valorizada em nossa vida, não efêmeras (como uma viagem ou um grande show musical), que aumentam nossa autoestima, que transmitem às outras pessoas uma aura mais positiva e vibrante. Não sei o que é isso há tempos.
    Minha luz se apagou totalmente.
    Não sei o que será de minha filha se eu continuar a ser um fracassado. Que belo exemplo de pai que eu sou.

    A verdade é que 2018 é mais um ano que já está sendo perdido para mim. Estamos em 11/07/2018, daqui há pouco acabará a Copa, chegará o mês de agosto e quase que instantaneamente já será dezembro, Natal e janeiro de 2019. Porém, nada de conquistas. Para eu salvar pelo menos a década, ainda restam 2019 e 20.

    E mais: sofri uma lesão no ombro decorrente da prática de musculação. Nunca tive lesões desde que comecei a treinar, em agosto de 2005. Dia 17 deste mês de julho farei ressonância no ombro. Logo depois voltarei ao médico p/ ele avaliar a gravidade da lesão e prescrever o tratamento. Grave ou não e independentemente de recuperação, fato é que em 2018 esta lesão foi a única coisa que tive, até o momento
    13 respostas · 1 semana atrás
  • Pq sou fracassado?

    Melhor resposta: Nada normal estar sempre para baixo e para trás. Realmente transmite uma sensação de fracasso e de derrota. Nem sensação é em alguns casos, mas fato incontroverso. Não é questão de comparar-se com os outros, mas uma hora ou outra temos que experimentar algo positivo e transformador, renovador e revolucionário em... mostrar mais
    Melhor resposta: Nada normal estar sempre para baixo e para trás. Realmente transmite uma sensação de fracasso e de derrota. Nem sensação é em alguns casos, mas fato incontroverso. Não é questão de comparar-se com os outros, mas uma hora ou outra temos que experimentar algo positivo e transformador, renovador e revolucionário em nossas vidas, para não ficarmos sempre atrasados e estacionados.
    Procure fazer um upgrade em sua vida. A hora de reagir é agora. Aproveite enquanto ainda é jovem. Você ainda tem a idade a seu favor.
    Exemplos práticos (não precisa seguir todos e nem na ordem abaixo):
    1) consiga um estágio e/ou emprego, mesmo na condição de aprendiz (caso esteja desempregado); ainda que não seja o que vc deseja e nem esteja à altura de suas capacidades e aptidões, pelo menos para não ficar "parado" e "à toa";
    2) consiga um emprego melhor (caso esteja empregado);
    3) conquiste uma promoção no emprego;
    4) melhore o visual (novo penteado, novo corte de cabelo, novas roupas...) e/ou a forma física (emagreça [caso esteja gordo e/ou fora de forma]; se estiver muito magro, que ganhe peso em massa muscular [não confunda com engordar]); agora, independente de ser gordo ou magro, conquiste um corpo melhor;
    5) pratique exercícios físicos, não somente para atender ao item 4, mas também para melhorar sua capacidade de resistência (seu "gás", seu "pique"), força, bem como desenvolver outras habilidades;
    6) vença competições esportivas (caso vc decida participar de alguma), ou se não vencer, que pelo menos não perca a dignidade e a honra;
    7) faça uma reeducação alimentar e emagreça (além da atividade física);
    8) desenvolva atividades artísticas, como tocar instrumentos musicais (violão, guitarra, bateria, etc), cantar, dançar, desenhar, pintar, esculpir, representar em teatro, etc;
    9) faça curso de computação;
    10) faça curso de idiomas;
    11) faça curso de oratória;
    12) leia bons livros (nada de gibis de quadrinhos);
    13) faça algum trabalho voluntário (independentemente de estar empregado);
    14) conquiste novas amizades REAIS e não virtuais, de redes sociais (desde que não se preocupe com a quantidade de amigos[as] e sim com a qualidade); se possível ter apenas um(a) amigo(a), mas bom(boa), isso é melhor do que muitos(as) idiotas;
    15) "arrume" uma namorada.

    De modo geral e independentemente da lista que fiz acima, pense em conquistar ou fazer algo que realmente vai "dar" bons resultados, aquele upgrade, capaz de melhorar sua vida e te valorizar mais, e, consequentemente melhorar a autoestima. Quem te conhece pessoalmente, com certeza vai notar alguma diferença positiva em você. Não é questão de agradar aos outros, mas seja franco: ter algo novo e positivo para ser notado, não traz uma sensação boa, de vitória, de realização e de satisfação?
    Por outro lado, não existe autoestima que resiste à mesmice, à rotina e às eternas tentativas fracassadas, mas apenas vamos ficar desanimados e amargurados.

    Para "virar" este jogo a seu favor, vc deverá conhecer a si próprio. Como assim? Deverá saber antes de tudo quais suas potencialidades, capacidades e limitações. Autoconhecimento é fundamental. Confie em suas capacidades, mas tome cuidado p/ não "ir com muita sede ao pote". Acredite em si, mas com moderação.
    Por exemplo, se é feio e não deu certo a tentativa que sugeri no item 4, nunca imponha que as mulheres te ache bonito.
    Trace as metas mais adequadas p/ vc. Ou seja, ao invés de obrigar elas a te acharem bonito, seja simpático e legal, esbanje bom humor (sem ser um palhaço), desenvolva "papos cabeça" (sem ser pedante), especialize-se em algo interessante e produtivo, estude bastante p/ ter bons assuntos e um bom emprego, desenvolva alguma habilidade especial (itens 8 a 11), pratique o esporte que você mais gostar e de forma primorosa, etc.

    Claro, desde q nada disso seja "forçado" e artificial. Sem exibicionismo. Tem q ser verdadeiro, limpo e honesto.

    Sua autoestima só terá a agradecer caso procure trabalhar de acordo c/ as metas mais adequadas p/ sua vida, desde q, POR ÓBVIO, COERENTES C/ SUAS CAPACIDADES E POTENCIALIDADES e o mais importante: QUE SEJA BEM SUCEDIDO NO FINAL. Ex.: se vc gosta de futebol, mas nunca foi bom de bola, não adiantará nada bancar o CR7 só p/ impressionar. Lógico que nem tudo será um mar de rosas. Ninguém está livre de obstáculos, mas pelo menos que não sejam aqueles obstáculos impossíveis de serem removidos e constantes, porque estes costumam ocorrer qdo se escolhe caminhos errados.
    Não precisa ser a melhor em tudo, mas não dá para aguentar ser sempre lembrado como o perdedor, o fracassado e a piada pronta.
    Fracassos existem exatamente p/ alertarem q algo está errado naquilo q fazemos ou deixamos de fazer. Um dos segredos p/ a boa autoestima está no seguinte: ter consciência das limitações que existem e estar disposto a dar a volta por cima, p/ que os fracassos não sejam eternos.
    Por isso se diz que fracassos e derrotas servem de aprendizado.
    Mudança, com certeza deve ser para o próprio bem.
    6 respostas · 6 dias atrás
  • Eu vivo na minha imaginação ao invés da realidade?

    Quando eu coloco música, eu imagino vários momentos felizes onde nada deu errado na minha vida, ou coisas que eu queria poder/ter coragem de fazer, mas não faço/posso. Romances, amizades, várias coisas idiotas. E eu acho isso bem comum, na verdade. O problema é que isso dura muito mais do que deveria, eu ouço... mostrar mais
    Quando eu coloco música, eu imagino vários momentos felizes onde nada deu errado na minha vida, ou coisas que eu queria poder/ter coragem de fazer, mas não faço/posso. Romances, amizades, várias coisas idiotas. E eu acho isso bem comum, na verdade. O problema é que isso dura muito mais do que deveria, eu ouço música quase a maior parte do meu tempo e faço isso. Quando fico sem fazer isso, é como se algo faltasse e eu me recuso de todos os jeitos a viver a realidade. Eu não quero saber sobre isso ser um problema psicológico, eu quero saber o que causa isso. Se alguém puder ajudar...
    11 respostas · 1 semana atrás
  • Quando zombam de ti o que tu fazes ?

    Melhor resposta: Se for um desconhecido, não faço nada. Apenas ignoro. Se for algum "conhecido", procuro me distanciar.
    Melhor resposta: Se for um desconhecido, não faço nada. Apenas ignoro. Se for algum "conhecido", procuro me distanciar.
    12 respostas · 1 semana atrás
  • Qual o pior sentimento que o cerhumano pode possuir ?

    Melhor resposta: 1 Perversão e "ódio sem culpa ou justificatica justa";

    Ou
    2 Melancolia, angústia ou "a bad".
    Melhor resposta: 1 Perversão e "ódio sem culpa ou justificatica justa";

    Ou
    2 Melancolia, angústia ou "a bad".
    21 respostas · 2 semanas atrás