• "É ético desligar os aparelhos de uma pessoa diagnósticada com morte cerebral?"?

    Meu professor de filosofia comentou isso em uma de suas aulas como exemplo do que pode ou não ser ético. Afinal, morte cerebral não tem cura, é óbvio que não tem como a pessoa voltar, então por que não seria ético? Já houve pessoas que voltaram da morte cerebral? Qual sua opinião?
    Meu professor de filosofia comentou isso em uma de suas aulas como exemplo do que pode ou não ser ético. Afinal, morte cerebral não tem cura, é óbvio que não tem como a pessoa voltar, então por que não seria ético? Já houve pessoas que voltaram da morte cerebral? Qual sua opinião?
    13 respostas · 16 horas atrás
  • Você já sentiu uma pessoa SUGADORA de energias?

    Melhor resposta: sim, aquele tipo de pessoa que tem uma energia ruim, super negativa
    Melhor resposta: sim, aquele tipo de pessoa que tem uma energia ruim, super negativa
    14 respostas · 1 dia atrás
  • O que é o NADA?

    Melhor resposta: O nada seria a ausência de tudo. Inclusive a ausência da tridimensionalidade. O nada não é nem sequer um espaço vazio, pois um espaço vazio ainda pode comportar alguma coisa. Se, por exemplo, alguém perguntasse onde fica Brasília, seria respondido que fica no Distrito Federal. Mas, se perguntassem onde fica o... mostrar mais
    Melhor resposta: O nada seria a ausência de tudo. Inclusive a ausência da tridimensionalidade. O nada não é nem sequer um espaço vazio, pois um espaço vazio ainda pode comportar alguma coisa.

    Se, por exemplo, alguém perguntasse onde fica Brasília, seria respondido que fica no Distrito Federal. Mas, se perguntassem onde fica o Distrito Federal, poderia ser dito que fica no Brasil. No entanto, onde fica o Brasil? No continente americano. E o continente americano? Na Terra. E a Terra, onde fica? No Sistema Solar. E quanto ao Sistema Solar? Fica na Via Láctea. E a Via Láctea? Fica no Universo! Mas, e o Universo? Não fica em lugar nenhum.

    Essa última resposta, apesar de paradoxal, nos diz que não podemos localizar o universo, porque se assim o fizéssemos, teríamos que localizar o "recipiente do Universo" e assim sucessivamente, com o "recipiente do recipiente" etc.

    Portanto, o Universo fica em lugar nenhum. Mas, então, em seus limites o Universo seria cercado por nada. De certa forma, estamos cercados por nada e nem nos damos conta disso.
    11 respostas · 1 dia atrás
  • Para qual luta devemos nos preparar para PERDER?

    Melhor resposta: Olá, SP! Devemos estar sempre preparados para o pior, assim, o que vier é lucro! Sem contar o fato de que é se perdendo que se aprende a ganhar: o bom perdedor sempre sairá ganhando ao compreender o valor da experiência, ainda que dolorosa. A vida é feita de tentativas e erros e erros e erros e um acerto e... mostrar mais
    Melhor resposta: Olá, SP!

    Devemos estar sempre preparados para o pior, assim, o que vier é lucro!

    Sem contar o fato de que é se perdendo que se aprende a ganhar: o bom perdedor sempre sairá ganhando ao compreender o valor da experiência, ainda que dolorosa.

    A vida é feita de tentativas e erros e erros e erros e um acerto e nova tentativa para então superação. Ganho sem luta ou conquista seria o mesmo que esperar colher sem plantar.

    Abraços,
    Karla
    4 respostas · 2 dias atrás
  • Somos palavras de um alfabeto maluco?

    Melhor resposta: É verdade...em se tratando de entendimento, muitas vezes até parece que falamos ou ouvimos na forma de um alfabeto grego isso sim...ou seria troiano? rs
    Melhor resposta: É verdade...em se tratando de entendimento, muitas vezes até parece que falamos ou ouvimos na forma de um alfabeto grego isso sim...ou seria troiano? rs
    5 respostas · 1 dia atrás
  • Há uma força estranha, no ar?

    6 respostas · 1 dia atrás
  • Eu estou realmente ficando louco? [Só quero me expressar e deixar de guardar tudo isso]?

    Melhor resposta: Olá tudo bem? Suas reflexões encontram eco em mim e não as achei de maneira alguma fúteis ou idiotas. São muito profundas e difíceis de responder. Se é que existam respostas para elas. Na verdade, por mais eloquentes e apaixonadas que as pessoas sejam,quando defendem este ou aquele motivo que explique o fato da... mostrar mais
    Melhor resposta: Olá tudo bem? Suas reflexões encontram eco em mim e não as achei de maneira alguma fúteis ou idiotas. São muito profundas e difíceis de responder. Se é que existam respostas para elas. Na verdade, por mais eloquentes e apaixonadas que as pessoas sejam,quando defendem este ou aquele motivo que explique o fato da nossa existência, a verdade é que ninguém pode provar nada.

    Mas as reflexões e opiniões sempre são válidas, pois mesmo quando alguém especula algo que pode até ser, claramente, equivocado, sua especulação tem o valor de nos mostrar o que não é. Portanto, acredite naqueles que buscam a verdade, mas duvide dos que dizem tê-la encontrado.

    No que tange à nossa existência, os fatos que podemos garantir é que existimos e que existe um Universo do qual fazemos parte. A partir daí, a nossa árvore de explicações se ramifica ao infinito. Mas, basicamente, podemos nos questionar se estamos aqui por acaso, ou se houve alguma intencionalidade por trás da nossa existência. Eu procuro me pautar pela ciência tanto quanto possível. E se consideramos a teoria científica mais aceita, a do Big-Bang, no suposto início deste universo, num tempo T=0, todo o Cosmo estaria condensado na forma de energia num ponto de volume zero e densidade infinita. Acho essa imagem muito louca. Talvez, por isso tenham dito que em seus níveis mais avançados, as fronteiras da ciência se confundem com as da teologia. Mas, tal cenário surreal, cientificamente defendido por cientistas que analisaram evidências obtidas de observações astronômicas, nos deixa uma questão de interpretação pessoal: "Foi por acaso, ou intencional, que todas essa história começou?"

    Assim, eu me pergunto se fatos como o universo, a vida, a inteligência e a autoconsciência estão presentes em nossa existência atual por uma mera combinação de fatores muito específicos que se reuniram por uma questão de sorte, ou se houve uma vontade intencional que levou ao resultado que testemunhamos hoje.

    Particularmente, acredito que é preciso ter muita fé no acaso, para supor que não haja uma uma intenção em nossa existência. Mas, isso é só a minha opinião. Posso estar errado.

    Contudo, é preciso ter uma constituição psíquica mais robusta para conviver com as dúvidas. Muitos não suportam conviver com a dúvida e constroem "certezas" para se preservarem. Há portanto, aqueles que acreditam com convicção e os que negam com convicção também. Nenhum desses caminhos me parecem ser razoáveis. Prefiro ficar no meu caminho de crença com ressalvas, mas poderia ser também o descrença com ressalvas.

    Espero que você possa continuar sua busca, assim como muitos outros, sem esquecer que a viagem - e não o destino - é que é o verdadeiro objetivo da vida.

    "A dúvida é o princípio da sabedoria" (Aristóteles).
    6 respostas · 1 dia atrás
  • Qual a maior conquista do Serhumano ?

    11 respostas · 11 horas atrás
  • Ás vezes o errado pode ser o certo e o certo o errado?

    Melhor resposta: Bom dia, Gerifalte, as usuárias Luh e Confusa têm toda a razão: eu próprio já confiei coisas bem pessoais a gente que não vale a pena e já deixei de confiar em gente do bem!

    Agora, fico bem atento para saber quem é quem realmente!
    Melhor resposta: Bom dia, Gerifalte, as usuárias Luh e Confusa têm toda a razão: eu próprio já confiei coisas bem pessoais a gente que não vale a pena e já deixei de confiar em gente do bem!

    Agora, fico bem atento para saber quem é quem realmente!
    9 respostas · 4 dias atrás
  • Você se mantém natural, em ambientes mais sofisticados, ou bate o queijo na parte de cima?

    Melhor resposta: Prefiro um ambiente simples , mas temos que estar preparados a tudo na vida. Em ambientes sofisticados levanto a cabeça, subo no salto 15 e mantenho meu sorriso clássico....costuma dar certo.

    abçs
    Melhor resposta: Prefiro um ambiente simples , mas temos que estar preparados a tudo na vida. Em ambientes sofisticados levanto a cabeça, subo no salto 15 e mantenho meu sorriso clássico....costuma dar certo.

    abçs
    5 respostas · 2 dias atrás
  • O que é bom dura pouco, ou somos nós que queremos perpetuar as coisas?

    Melhor resposta: Eu penso que tem vários graus de "coisas boas".Sendo que algumas coisas boas realmente passam,mas outras não.O amor de Deus por exemplo é algo muito bom e que nem a morte nos separa dele : "Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o... mostrar mais
    Melhor resposta: Eu penso que tem vários graus de "coisas boas".Sendo que algumas coisas boas realmente passam,mas outras não.O amor de Deus por exemplo é algo muito bom e que nem a morte nos separa dele : "Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,
    Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor."(Romanos 8:38,39)
    Outras coisas boas porém passam,como momentos bons,amizades a presença dos pais etc,mas tudo isso deixa uma contribuição em nós.Tudo o que é bom e puro não passa sem deixar algo e esse algo a gente pode levar com nós próprios para sempre.Igual um computador.Se o seu computador queima,você perde os arquivos que estavam nele,mas o conteúdo que você aprendeu com aqueles arquivos você leva.
    6 respostas · 2 dias atrás
  • Você acha que vai morrer antes que seu ídolo?

    15 respostas · 4 dias atrás
  • Você tem algum pensamento que deveria ser TRATADO?

    Melhor resposta: Sim, eu tenho pensamentos pessimista em relação a quase todos os aspectos da vida e acaba virando um círculo vicioso negativo.
    Melhor resposta: Sim, eu tenho pensamentos pessimista em relação a quase todos os aspectos da vida e acaba virando um círculo vicioso negativo.
    4 respostas · 2 dias atrás
  • Você é solitário (a) ?

    11 respostas · 2 dias atrás