• Você conhece esses cuidados ao usar alumínio?

    Confesso que não sabia, por isso REPASSO!!! E vc, sabia??? ;) Papel alumínio O papel alumínio é largamente utilizado na gastronomia, mas na grande maioria das vezes isto acontece de forma incorreta. Vejo pessoas usando-o direto nos mais variados pratos e, também, em seu dia a dia. É que os usuários tendem a colocar o lado brilhante virado... mostrar mais
    Confesso que não sabia, por isso REPASSO!!! E vc, sabia??? ;) Papel alumínio O papel alumínio é largamente utilizado na gastronomia, mas na grande maioria das vezes isto acontece de forma incorreta. Vejo pessoas usando-o direto nos mais variados pratos e, também, em seu dia a dia. É que os usuários tendem a colocar o lado brilhante virado para fora, pois deixa o visual do prato mais bonito. O lado mais brilhante é assim porque recebe um polimento para criar uma barreira ao contato direto do alumínio com o alimento e, por conseguinte a liberação do alumínio para a nossa receita. Tínhamos que chamar o prato assim, por exemplo: “Picanha com alumínio”, pois o alumínio entrará como um algoz invisível na receita. Esta proteção, o polimento, só não acontece dos dois lados, pois é um processo caro que inviabilizaria a comercialização do mesmo. O alumínio é altamente tóxico e é comprovadamente o responsável por complicações gerais no funcionamento do nosso organismo e um grande alavancador do Mal de Alzheimer, inclusive fomentando sua aparição precoce. Como usá-lo? Além de usá-lo com o lado brilhante voltado para o alimento, deve-se evitar dar mais de uma volta no alimento, pois na segunda volta em diante os líquidos que gravitarem entre as camadas serão poluídos com o alumínio e voltarão impiedosamente para a nossa receita. Assim é importante fazer a finalização em forma de trouxa que deve ficar situada na parte superior, para evitar esta comunicação dos caldos do alimento com a parte ruim do papel - alumínio. Sobre as panelas de alumínio Na minha cozinha é expressamente proibida a a reação de panelas na parte de dentro, pois quando isto acontece, toda vez que cozinhamos algo estamos também incorporando o temível alumínio à nossa receita. Quando isto acontece por alguma pessoa desavisada ou quando a panela ou caneca é nova, fervo algumas cascas de ovo na panela cheia de água, para elas liberarem o carbonato de cálcio, que vão impermeabilizar nossa panela, dando a segurança que necessitamos para nós mesmos e para as pessoas que mais amamos; nossa família e nossos amigos. Ricardo Penna/Penninha, escritor e consultor gastronômico.
    7 respostas · Outras - Comidas e Bebidas · 4 anos atrás
  • E como se comunicar com os diferentes tipos de pessoas, conferir detalhes?

    Tantos modos de desejar feliz dia da amizade pra pessoas diferentes... "Feliz dia do 'qual é a resposta da 2?'" para os amigos da escola. "Feliz dia do 'se tiver porrada me chama'" para os amigos que te ajudam. "Feliz dia da amizade colorida" para aquela pessoa especial em vários sentidos... mostrar mais
    Tantos modos de desejar feliz dia da amizade pra pessoas diferentes... "Feliz dia do 'qual é a resposta da 2?'" para os amigos da escola. "Feliz dia do 'se tiver porrada me chama'" para os amigos que te ajudam. "Feliz dia da amizade colorida" para aquela pessoa especial em vários sentidos :3 "Feliz dia dos amigos fura-olhos" para os... melhor nem comentar "Feliz dia dos irmãos" para os melhores que sempre te apoiam "Feliz dia da falsidade" para aquele "amigo" que fala de você pelas costas "Feliz dia da internet" para os ótimos amigos virtuais... Muitos casos diferentes. Bom, só desejo a vocês que tenham um ótimo dia da amizade do lado de quem te faz bem, os amigos de verdade. Abraços!Para mim vocês sempre serão reais
    4 respostas · Amigos · 4 anos atrás
  • Você acredita que a convivência de crianças com portadores de necessidades especiais é benéfica?

    Sinceramente, eu acredito que é benéfica para ambos. isso [e pra pensar nas coisa e no mundo de hoje em que vivemos. Crianças: o que estão aprendendo sobre nanismo? Crianças: o que estão aprendendo sobre nanismo? Já havia algum tempo que estava querendo postar um artigo sobre esse assunto. Hoje aconteceu comigo duas situações... mostrar mais
    Sinceramente, eu acredito que é benéfica para ambos. isso [e pra pensar nas coisa e no mundo de hoje em que vivemos. Crianças: o que estão aprendendo sobre nanismo? Crianças: o que estão aprendendo sobre nanismo? Já havia algum tempo que estava querendo postar um artigo sobre esse assunto. Hoje aconteceu comigo duas situações completamente opostas, que me fez levantar a seguinte questão: O que as crianças de hoje estão aprendendo sobre pessoas com nanismo, ou qualquer outra deficiência? Será que estão tendo acesso a informação adequada de acordo com a idade que se encontram? O papel é dos pais ou da escola quando o assunto é respeito às pessoas com deficiência? O respeito às pessoas com deficiência deve vir desde cedo Vou relatar agora pra vocês as duas situações que aconteceram comigo hoje, quando saía do meu trabalho. A primeira aconteceu imediatamente após a minha saída, quando fui à uma farmácia para comprar um remédio. Quando estava chegando em frente ao estabelecimento, encontrei uma menininha que aparentava ter mais ou menos 5 anos. A criança estava acompanhada da babá e conforme fui me aproximando, ela me encarou com uma cara de medo e olhou para a babá como quem diz “E agora?”. Quando olhei para a babá, peguei ela falando “Cuidado! Ele vai te pegar“. A moça ficou muito sem graça quando viu que eu estava olhando pra ela no exato momento em que ela amedrontava a menina. Na hora confesso que fiquei tão sem reação, que agora analisando com mais detalhes a situação, me arrependo de não ter conversado com a babá. A segunda situação aconteceu quando eu já estava no ônibus. Me sentei e vi que ao meu lado se encontrava uma mãe junto com seu filho de 2 anos e 10 meses. O menino me abordou como se eu fosse o novo amiguinho de escola dele. Claro que depois vieram perguntas como “Você é grande?” e “O seu pé é pequeno?”, mas fiquei impressionado com a espontaneidade da criança durante o resto do bate-papo. Quando chegou o ponto dele, eu já sabia que se chamava Tales, tinha 2 anos, não gostava de tomar remédio, tinha uma bota do Ben 10, carregava um gatinho de verdade na sua bolsa, ontem tinha uma namorada que chamava Isabella e a de hoje ele nem se lembrava mais do nome. Esses dois contrastes me fizeram pensar se as crianças de hoje estão tendo a educação correta à respeito das pessoas com deficiência. Uma boa parte das crianças que se deparam durante o dia comigo, ou com outras pessoas com nanismo, sentem medo. Uma coisa que é absolutamente normal quando se trata de algo novo, uma característica até então desconhecida. Mas onde está a falha (se é que podemos chamar assim) que faz esse medo persistir ou se transformar em deboche? Se as escolas são as responsáveis pela formação de caráter dos futuros adultos desse país, por que não ensinar as crianças desde cedo a respeitarem as diferenças entre sexo, raça, cor, condição financeira, cargo, idade, condição física ou mental? Se os pais também partilham dessa responsabilidade, por que não falar sobre as pessoas com deficiência quando as crianças começarem a questionar sobre as pessoas não serem iguais? Eu acredito que o respeito às pessoas com deficiência pode, e deve, ser ensinado desde cedo. Muita coisa poderia ser diferente se os pais começassem a trabalhar em suas crianças o respeito ao coleguinha que tem autismo ou alguma outra deficiência mental, física, auditiva ou visual. Se o prazer em ajudar o próximo a pegar alguma coisa que estivesse fora do alcance, atravessar a rua, resolver alguma dificuldade intelectual, fosse disseminado de pai para filho. Se o respeito e o amor ao próximo fossem ensinados como a matemática e suas contas de adição e subtração. O post Crianças: o que estão aprendendo sobre nanismo? apareceu primeiro em Nanismo em Foco.
    4 respostas · Necessidades Especiais · 4 anos atrás
  • Acreditam nessa notícia?

    Dica falsa de privacidade se espalha no Facebook. Mensagem pede que internauta mude uma configuração. Opção não aumenta a privacidade na rede social. Começou a circular no Facebook uma mensagem mencionando uma reportagem do Fantástico que mostrou os riscos de expor dados em redes sociais. A dica no Facebook pede que o internauta realize uma... mostrar mais
    Dica falsa de privacidade se espalha no Facebook. Mensagem pede que internauta mude uma configuração. Opção não aumenta a privacidade na rede social. Começou a circular no Facebook uma mensagem mencionando uma reportagem do Fantástico que mostrou os riscos de expor dados em redes sociais. A dica no Facebook pede que o internauta realize uma configuração para ocultar "comentários e opções curtir", alegando que essa mudança vai restringir as atividades do internauta somente aos amigos e familiares, o que não está correto. Na realidade, o que a configuração faz é impedir que as atualizações e comentários realizados por uma determinada pessoa sejam exibidos na “Timeline” do internauta que fez a configuração. Não é uma configuração que aumentará a privacidade do usuário, mas, sim, mudará a forma com a qual as publicações dos amigos aparecem na "Timeline". A privacidade dos "Curtir" e de comentários na rede social depende da configuração da publicação que está sendo curtida ou comentada. Se a disponibilidade dela é restrita e seus amigos ou o público não podem vê-la, sua atividade não será exibida aos seus amigos e/ou ao público. Uma postagem pública, quando curtida ou comentada, pode ser acessada por qualquer pessoa que tem conta no Facebook e podem ler os comentários publicados e a lista de pessoas que "curtiram" a postagem. Não existe maneira de curtir ou comentar uma postagem pública e fazer com que essa informação continue particular. Logo, ocultar essa informação dos amigos gera uma sensação errada de privacidade. Da mesma forma, caso amigos não utilizem recursos do Facebook para tornar as atualizações mais restritas, sua atividade nos perfis dos seus amigos também ficará pública. A única maneira de evitar isso é não comentar as postagens públicas dos amigos, entrando em contato sempre por meio de mensagens particulares na rede social. Fonte: G1
    1 resposta · Outros - Computadores · 4 anos atrás
  • Você percebe quando erra ou fracassa e muda o disco?

    Eu estava dentro do carro em frente à escola da minha filha,aguardando a aula dela terminar. A rua é bastante congestionada no final da manhã. Foi então que uma mulher chegou e começou a manobrar para estacionar o seu carro numa vaga ainda livre. Reparei que seu carro era grande para o tamanho da vaga, mas, vá saber, talvez ela fosse craque em... mostrar mais
    Eu estava dentro do carro em frente à escola da minha filha,aguardando a aula dela terminar. A rua é bastante congestionada no final da manhã. Foi então que uma mulher chegou e começou a manobrar para estacionar o seu carro numa vaga ainda livre. Reparei que seu carro era grande para o tamanho da vaga, mas, vá saber, talvez ela fosse craque em baliza. Tentou entrar de ré, não conseguiu. Tentou de novo, e de novo não conseguiu. E de novo. E de novo. Por pouco não raspou a lataria do carro da frente, e deu umas batidinhas no de trás que eu vi. Não fazia calor, mas ela suava, passava a mão na testa, ou seja, estava entregando a alma para tentar acomodar sua caminhonete numa vaga que, visivelmente, não servia. Ou, se servisse, haveria de deixá-la entalada e com muita dificuldade de sair dali depois. Pensei: como é difícil admitir um fracasso e partir para outra. Para quem está de fora, é mais fácil perceber quando uma insistência vai dar em nada – e já não estou falando apenas em estacionar carros em vagas minúsculas, mas em situações variadas em que o “de novo, de novo, de novo” só consegue fazer com que a pessoa perca tempo. Tudo conspira contra, mas a criatura teima na perseguição do seu intento, pois não é do seu feitio fracassar. Ora, seria do feitio de quem? Todas as nossas iniciativas pressupõem um resultado favorável. Ninguém entra de antemão numa fria: acreditamos que nossas atitudes serão compreendidas, que nosso trabalho trará bom resultado, que nossos esforços serão valorizados. Só que às vezes não são. E nem é por maldade alheia, simplesmente a gente dimensionou mal o tamanho do desafio. Achamos que daríamos conta, e não demos. Tentamos, e não rolou. “De novo!”, ordenamos a nós mesmos – e, ok, até vale insistir um pouquinho. Só que nada. Outra vez, e nada. Até quando perseverar? No fundo, intuímos rapidinho que algo não vai dar certo, mas é incômodo reconhecer um fracasso, ainda mais hoje em dia, em que o sucesso anda sendo superfaturado por todo mundo. Só eu vou me dar mal? Nada disso. De novo! De-sis-ta. É a melhor coisa que se pode fazer quando não se consegue encaixar um sonho em um lugar determinado. Se nada de positivo vem desse empenho todo, reconheça: você fez uma escolha errada. Aprender alemão talvez não seja para sua cachola. Entrar naquela saia vai ser impossível. Seu namorado não vai deixar de ser mulherengo, está no genoma dele. Você irá partir para a oitava tentativa de fertilização? Adote. E em vez de alemão, tente aprender espanhol. Troque a saia apertada por um vestido soltinho. Invista em alguém que enxergue a vida do seu mesmo modo, que tenha afinidades com seu jeito de ser. Admitir um fracasso não é o fim do mundo. É apenas a oportunidade que você se dá de estacionar seu carro numa vaga mais fácil e que está logo ali em frente, disponível. Admitir o fracasso Martha Medeiros
    2 respostas · Outras - Família e Relacionamentos · 4 anos atrás
  • Você conhece o uso das pontuações na vida?

    Use vírgulas para separar as experiências das boas das más. Reticências para quem lhe faltou em alguma situação. Salpique exclamações na sua vida. Abuse das interjeições de felicidade. Faça uma revisão nos seus sonhos. Tome decisões com letra maiúscula. E coloque ponto final na tristeza.
    Use vírgulas para separar as experiências das boas das más. Reticências para quem lhe faltou em alguma situação. Salpique exclamações na sua vida. Abuse das interjeições de felicidade. Faça uma revisão nos seus sonhos. Tome decisões com letra maiúscula. E coloque ponto final na tristeza.
    4 respostas · Educação Doméstica · 4 anos atrás
  • Você busca conhecer os efeitos colaterais dos remédios?

    UTILIDADE PÚBLICA COMPARTILHEM COM O MÁXIMO DE PESSOAS! Os medicamentos acima, Cefalium, indicado para enxaqueca, e Plasil, para náuseas e enjoos, possuem em sua composição CLORIDRATO DE METOCLOPRAMIDA, ou simplesmente METOCLOPRAMIDA. Muito cuidado ao utilizá-los, mesmo sendo vendidos sem receita, pois esse composto pode desencadear uma reação... mostrar mais
    UTILIDADE PÚBLICA COMPARTILHEM COM O MÁXIMO DE PESSOAS! Os medicamentos acima, Cefalium, indicado para enxaqueca, e Plasil, para náuseas e enjoos, possuem em sua composição CLORIDRATO DE METOCLOPRAMIDA, ou simplesmente METOCLOPRAMIDA. Muito cuidado ao utilizá-los, mesmo sendo vendidos sem receita, pois esse composto pode desencadear uma reação conhecida como REAÇÃO EXTRAPIRAMIDAL. Pouco após sua utilização, muitos podem sentir os seguintes sintomas: "Agitação (vontade incontrolável de ir embora, sair de onde está, mover-se), uma sensação estranha de aperto no peito, falta de ar, angústia, ansiedade, sensação de falta de autocontrole, e em alguns casos movimentos involuntários dos braços, pernas, dedos, lábios, língua, pálpebras, alterações na fala, etc. (mas não necessariamente todos esses sintomas). Em alguns casos, a reação extrapiramidal pode ser confundida com uma crise de pânico." Por isso, fica o aviso, por experiência própria: quem tem ou já teve depressão, transtorno de ansiedade ou síndrome do pânico, cuidado redobrado ao utilizar estes medicamentos, ou quaisquer outros antieméticos (remédios para enjoo). Consulte sempre seu médico.
    4 respostas · Saúde Mental · 4 anos atrás
  • Trote telefônico é crime ?

    E propaganda de telefonia fazendo apologia ao trote? https://www.youtube.com/watch?v=fEIe920e... Saudades da Ana Paula Arósio
    E propaganda de telefonia fazendo apologia ao trote? https://www.youtube.com/watch?v=fEIe920e... Saudades da Ana Paula Arósio
    3 respostas · Telefones Fixos · 4 anos atrás
  • Quais os mitos que vocês conhecem com relação ao autism?o?

    O Mito: os autistas têm mundo próprio.A Verdade: os autistas têm dificuldades de comunicação, mas mundo próprio de jeito nenhum. O duro é que se comunicar é difícil para eles, nós não entendemos, acaba nossa paciência e os conflitos vêm. Ensiná-los a se comunicar pode ser difícil, mas acaba com estes conflitos. O Mito: os autistas são super... mostrar mais
    O Mito: os autistas têm mundo próprio.A Verdade: os autistas têm dificuldades de comunicação, mas mundo próprio de jeito nenhum. O duro é que se comunicar é difícil para eles, nós não entendemos, acaba nossa paciência e os conflitos vêm. Ensiná-los a se comunicar pode ser difícil, mas acaba com estes conflitos. O Mito: os autistas são super inteligentes.A Verdade: assim como as pessoas normais, os autistas têm variações de inteligência se comparados uns aos outros. É muito comum apresentarem níveis de retardo mental. O Mito: os autistas não gostam de carinho.A Verdade: todos gostam de carinho, com os autistas não é diferente. Acontece que alguns têm dificuldades com relação à sensação tátil, podem sentir-se sufocados com um abraço por exemplo. Nestes casos deve-se ir aos poucos, querer um abraço eles querem, a questão é entender as sensações. Procure avisar antes que vai abraçá-lo, prepare-o primeiro por assim dizer. Com o tempo esta fase será dispensada. O carinho faz bem para eles como faz para nós. O Mito: os autistas gostam de ficar sozinhos.A Verdade: os autistas gostam de estar com os outros, principalmente se sentirem-se bem com as pessoas, mesmo que não participem, gostam de estar perto dos outros. Podem às vezes estranhar quando o barulho for excessivo, ou gritar em sinal de satisfação; quando seus gritos não são compreendidos, muitas vezes pensamos que não estão gostando. Tente interpretar seus gritos. O Mito: eles são assim por causa da mãe ou porque não são amados.A Verdade: o autismo é um distúrbio neurológico, pode acontecer em qualquer família, religião etc. A maior parte das famílias em todo o mundo tende a mimá-los e superprotegê-los, são muito amados, a teoria da "mãe geladeira" foi criada por ignorância, no início do século passado e foi por terra pouco tempo depois. É um absurdo sem nexo. O Mito: os autistas não gostam das pessoas.A Verdade: os autistas amam sim, só que nem sempre sabem demonstrar isto. Os problemas e dificuldades de comunicação deles os impedem de ser tão carinhosos ou expressivos, mas acredite que mesmo quietinho, no canto deles, eles amam sim, sentem sim, até mais que os outros. O Mito: os autistas não entendem nada do que está acontecendo.A Verdade: os autistas podem estar entendendo sim, nossa medida de entendimento se dá pela fala, logo se a pessoa não fala, acreditamos não estar entendendo, mas assim como qualquer criança que achamos não estar prestando atenção, não estar entendendo, de repente a criança vem com uma tirada qualquer e vemos que ela não perdeu nada do que se falou, o autista só tem a desvantagem de não poder falar. Pense bem antes de falar algo perto deles. O Mito: o certo é interná-los, afinal numa instituição saberão como cuidá-los.A Verdade: toda criança precisa do amor de sua família, a instituição pode ter terapeutas, médicos, mas o autista precisa mais do que isto, precisa de amor, de todo o amor que uma família pode dar, as terapias fazem parte; uma mãe, um pai ou alguém levá-lo e trazê-lo também. O Mito: eles gritam, esperneiam porque são mal educados.A Verdade: o autista não sabe se comunicar, tem medos, tem dificuldades com o novo, prefere a segurança da rotina, então um caminho novo, a saída de um brinquedo leva-os a tentar uma desesperada comunicação, e usam a que sabem melhor, gritar e espernear. Nós sabemos que isto não é certo, mas nos irritamos, nos preocupamos com olhares dos outros, às vezes até ouvimos aqueles que dizem que a criança precisa apanhar, mas nada disto é necessário, se desse certo bater, todo o burro viraria doutor! Esta fase de gritar e espernear passa, é duro, mas passa. Mesmo que pareça que ele não entenda, diga antes de sair que vai por ali, por aqui etc. e seja firme em suas decisões. Não ligue para os olhares dos outros, você tem mais o que fazer. Não bata na criança, isto não ajudará em nada, nem a você e nem a ele. Diga com firmeza que precisa ir embora, por exemplo, e mantenha-se firme por fora, por mais difícil que seja. Esta fase passa, eles precisarão ver a firmeza do outro. Fonte: Bengala Legal | Lucy SantosTexto adaptado para divulgação no site do Instituto Indianópolis - artigo do blog Pró -Auti
    2 respostas · Educação Especial · 4 anos atrás
  • Vocês já sofreram alguma desilusão?

    Síndrome da Desilusão Ortográfica Amorosa Por Karine Rosa Não é que seu cabelo não seja no corte que eu sonhei. Nem foi sua regata que me afastou. Não foram seus amigos, seu jeito, a ligação que você demorou tempo demais a fazer. Relevei tudo isso porque você me tinha tão na mão. Eu estava pronta para tudo com você – menos para o seu... mostrar mais
    Síndrome da Desilusão Ortográfica Amorosa Por Karine Rosa Não é que seu cabelo não seja no corte que eu sonhei. Nem foi sua regata que me afastou. Não foram seus amigos, seu jeito, a ligação que você demorou tempo demais a fazer. Relevei tudo isso porque você me tinha tão na mão. Eu estava pronta para tudo com você – menos para o seu “ancioso”. Foi aí que veio o Facebook. E eram tantos erros que eu fechei sua página antes mesmo de ler toda a sua timeline. Veja bem, eu encararia numa boa seu celular desligado, suas ex-namoradas no seu pé e até sua dificuldade em ser fiel. A gente superaria isso junto. Mas não deu para encarar o “concerto do seu computador”, o “encômodo” que você causava, muito menos a “conhecidência de termos nos conhecido”. Nunca mais queria uma coincidência dessas na minha vida. Não lhe pedi muito. Não queria declarações com ênclises, mesóclises e próclises nos lugares certos. Não lhe pedi que usasse o pronome correto, respeitasse a concordância nominal, nem sequer que realizasse bom uso da crase. Tudo isso eu perdoava, que seria de nós se nos prendêssemos às regras intermináveis do português? Mas você me apareceu com um “vossê” e meu coração parou. E não de um jeito bom. Entenda, não foi seu gosto musical. Não foram as baladas que você frequentava, seu jeito de me abraçar e seus sumiços. Não foi beijo insosso nem foi falta de química. É, não foi, com certeza, falta de química ou física. Foi a falta do português. Da próxima vez, meu bem, conquiste-me com um dicionário. Porque, em todos os sentidos, uma língua bem usada é afrodisíaca.
    5 respostas · Outras - Sociedade e Cultura · 4 anos atrás
  • Conhecem detalhes de como melhorar a alimentação e evitar o cansaço?

    O cansaço, às vezes, pode não estar somente ligado ao excesso de atividades ou ao estresse. A alimentação contribui, e muito, no pique para executar tarefas diárias. Quando ela é rica em gorduras saturadas, carne vermelha gorda, frituras, açúcares, e pobre em frutas, legumes e verduras, a sensação de cansaço, sono excessivo e dificuldade de... mostrar mais
    O cansaço, às vezes, pode não estar somente ligado ao excesso de atividades ou ao estresse. A alimentação contribui, e muito, no pique para executar tarefas diárias. Quando ela é rica em gorduras saturadas, carne vermelha gorda, frituras, açúcares, e pobre em frutas, legumes e verduras, a sensação de cansaço, sono excessivo e dificuldade de concentração são inevitáveis. Diante disso, segue uma lista com alguns alimentos que dão energia. Banana: rica em minerais, vitaminas e fibras que auxiliam a manter a disposição. Mexerica: rica em vitamina C e com potencial antioxidante é excelente para manter a disposição. Pera: rica em minerais, vitaminas e fibras que ajudam a manter a disposição. Brócolis: verduras verde-escuro são ricas em vitamina A, E e D e dão mais energia. Sucos verdes: o de clorofila e o de abacaxi com couve ou hortelã são ótimos para dar disposição. Limão: rico em vitamina C e com potencial antioxidante é ótimo para manter a disposição. Couve: verduras verde-escuro são ricas em vitamina A, E e D e dão mais energia. Pode incluir uma folha em sucos para dar mais disposição. Uma dieta saudável contribui e muito com o bem estar físico. http://www.buscasaude.com.br/endocrinolo...
    1 resposta · Dietas e Educação Física · 4 anos atrás
  • Como você definiria as mulheres?

    Toda mulher é doida. Impossível não ser. A gente nasce com um dispositivo interno que nos informa desde cedo que, sem amor, a vida não vale a pena ser vivida, e dá-lhe usar o nosso poder de sedução para encontrar the big one, aquele que será inteligente, másculo, se importará com nossos sentimentos e não nos deixará na mão jamais. Uma tarefa que dá... mostrar mais
    Toda mulher é doida. Impossível não ser. A gente nasce com um dispositivo interno que nos informa desde cedo que, sem amor, a vida não vale a pena ser vivida, e dá-lhe usar o nosso poder de sedução para encontrar the big one, aquele que será inteligente, másculo, se importará com nossos sentimentos e não nos deixará na mão jamais. Uma tarefa que dá prá ocupar uma vida, não é mesmo? Mas além disso, temos que ser independentes, bonitas, ter filhos e fingir de vez em quando que somos santas, ajuizadas, responsáveis, e que nunca, mas nunca, pensaremos em jogar tudo pro alto e embarcar num navio pirata comandado pelo Johnny Depp, ou então virar loura e cafetina, ou sei lá, diga aí uma fantasia secreta, sua imaginação deve ser melhor que a minha. Eu só conheço mulher louca. Pense em qualquer uma que você conhece e me diga se ela não tem ao menos três dessas qualificações: exagerada, dramática, verborrágica, maníaca, fantasiosa, apaixonada, delirante. Pois então. Também é louca. E fascina a todos. Nossa insanidade tem nome: chama-se Vontade de Viver até a Última Gota. Martha Medeiros
    4 respostas · Outras - Feriados e Datas Comemorativas · 4 anos atrás
  • Vocês conhecem as frutas benéficas e prejudiciais aos cães?

    Podem ser oferecidas: banana, sem a casca maçã e pêra sem o talo e caroços manga sem casca e caroço ameixa figo goiaba prejudiciais laranja, mexerica, morango, abacaxi, caju, kiwi, melancia, melão, abacate, coco, uva, mamão fonte:Amo animais
    Podem ser oferecidas: banana, sem a casca maçã e pêra sem o talo e caroços manga sem casca e caroço ameixa figo goiaba prejudiciais laranja, mexerica, morango, abacaxi, caju, kiwi, melancia, melão, abacate, coco, uva, mamão fonte:Amo animais
    4 respostas · Cães · 4 anos atrás
  • Conhecem os sinais do derrame cerebral?

    Derrame:memorize as três primeiras letras...S.T.R. Só leva um instante ler isto... Disse um neurologista que se levarem uma vítima de derrame dentro das primeiras três horas, ele pode reverter os efeitos do derrame -totalmente. Ele disse que o segredo é reconhecer o derrame, diagnosticá-lo e receber o tratamento médico... mostrar mais
    Derrame:memorize as três primeiras letras...S.T.R. Só leva um instante ler isto... Disse um neurologista que se levarem uma vítima de derrame dentro das primeiras três horas, ele pode reverter os efeitos do derrame -totalmente. Ele disse que o segredo é reconhecer o derrame, diagnosticá-lo e receber o tratamento médico correspondente, dentro das três horas seguintes, o que é difícil. RECONHECENDO UM DERRAME Muitas vezes, os sintomas de um derrame são difíceis de identificar. Infelizmente, nossa falta de atenção,torna-se desastrosa. A vítima do derrame pode sofrer severa consequência cerebral quando as pessoas que o presenciaram falham em reconhecer os sintomas de um derrame. Agora, os médicos dizem que uma testemunha qualquer pode reconhecer um derrame fazendo à vítima estas três simples preguntas: S* (Smile) Peça-lhe que SORRIA. T* (Talk) Peça-lhe que FALEou APENAS DIGA UMA FRASE SIMPLES. (com coerência) (ex : Hoje o dia está ensolarado) R* (Rise your arms) Peça-lhe que levante AMBOS OS BRAÇOS. Se ele ou ela têm algum problema em realizar QUALQUER destas tarefas, chame a emergência imediatamente e descreva-lhe os sintomas,ou vão rápido à clínica ou hospital. Novo Sinal de derrame - Ponha a língua fora. NOTA: Outro sinal de derrame é este: Peça à pessoa que ponha a língua para fora.. Se a língua estiver torcida e sair por um lado ou por outro, é também sinal de derrame.
    1 resposta · Outras - Doenças · 4 anos atrás
  • Para você o que é ser feliz?

    Que você seja alegre, mesmo quando vier a chorar. Que você seja sempre jovem, mesmo quando o tempo passar. Que você tenha esperança, mesmo quando o sol não nascer. Que você ame seus íntimos, mesmo quando sofrer frustações. Que você jamais deixe de sonhar, mesmo quando vier a fracassar. Isso é ser Feliz. Augusto Cury
    Que você seja alegre, mesmo quando vier a chorar. Que você seja sempre jovem, mesmo quando o tempo passar. Que você tenha esperança, mesmo quando o sol não nascer. Que você ame seus íntimos, mesmo quando sofrer frustações. Que você jamais deixe de sonhar, mesmo quando vier a fracassar. Isso é ser Feliz. Augusto Cury
    9 respostas · Outras - Sociedade e Cultura · 4 anos atrás
  • Como você arruma sua casa?

    Casa arrumada é assim: Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz. Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela. Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas... Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o... mostrar mais
    Casa arrumada é assim: Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz. Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela. Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas... Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo: Aqui tem vida... Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras e os enfeites brincam de trocar de lugar. Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições fartas, que chamam todo mundo pra mesa da cozinha. Sofá sem mancha? Tapete sem fio puxado? Mesa sem marca de copo? Tá na cara que é casa sem festa. E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança. Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde. Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante, passaporte e vela de aniversário, tudo junto... Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda. A que está sempre pronta pros amigos, filhos... Netos, pros vizinhos... E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brinca ou namora a qualquer hora do dia. Casa com vida é aquela que a gente arruma pra ficar com a cara da gente. Arrume a sua casa todos os dias... Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela... E reconhecer nela o seu lugar. CASA ARRUMADA Carlos Drummond de Andrade
    6 respostas · Decoração e Reformas · 4 anos atrás
  • Sempre existe algo que no nosso tamanho, sabia?

    Certo dia adentrou na loja uma certa "senhora bastante obesa", e de cara a minha amiga pensou que não tinha nada na loja na numeração dela. Se sentiu apreensiva e constrangida naquela situação, vendo a senhora percorrer as araras em busca de algo que minha amiga sabia que ela não encontraria. Ficou angustiada, porque não queria que a... mostrar mais
    Certo dia adentrou na loja uma certa "senhora bastante obesa", e de cara a minha amiga pensou que não tinha nada na loja na numeração dela. Se sentiu apreensiva e constrangida naquela situação, vendo a senhora percorrer as araras em busca de algo que minha amiga sabia que ela não encontraria. Ficou angustiada, porque não queria que a senhora se sentisse mal pelo tamanho das peças de roupas, se sentindo excluída e fazendo a questão sobre o seu sobrepeso vir à tona de forma implícita. A senhora se dirigiu à minha atendente e disse : “- É... não tem nada grande, não é? E a minha amiga, sem até aquele momento saber o que diria, simplesmente abriu os braços de uma ponta a outra e lhe respondeu: “- Quem disse??? Claro que tem!! Olha só o tamanho desse abraço! - E a abraçou com muito carinho. A senhora então se entregou àquele abraço acolhedor e deixou-se tomar pelas lágrimas exclamando:“Há quanto tempo que ninguém me dava um abraço.” E chorando, tal qual uma criança a procura de um colo, lhe disse: “- Não encontrei o que vim buscar, mas encontrei muito mais do que procurava". E naquele momento, através dos braços calorosos de minha amiga, Deus afagou a alma daquela criatura, tão carente de amor e de carinho. Quantas almas não se encontram também tão necessitadas de um simples abraço, de uma palavra de carinho, de um gesto de amor. SERÁ QUE DENTRO DE NÓS, SE PROCURARMOS NO NOSSO BAÚ, LÁ NAS PRATELEIRAS DA NOSSA ALMA, NO ESTOQUE DO NOSSO CORAÇÃO, TAMBÉM NÃO ACHAREMOS ALGO “GRANDE” QUE SIRVA PARA ALGUÉM? Faça sempre a diferença na vida de alguém, nunca se sabe como um simples abraço pode fazer toda diferença na vida dessa pessoa. ABRACE ALGUÉM HOJE
    5 respostas · Outras - Educação · 4 anos atrás
  • Sabemos viver mesmo Amigos?

    Saber Viver- De Cora Coralina Não sei… Se a vida é curta Ou longa demais pra nós, Mas sei que nada do que vivemos Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas. Muitas vezes basta ser: Colo que acolhe, Braço que envolve, Palavra que conforta, Silêncio que respeita, Alegria que contagia, Lágrima que corre, Olhar que... mostrar mais
    Saber Viver- De Cora Coralina Não sei… Se a vida é curta Ou longa demais pra nós, Mas sei que nada do que vivemos Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas. Muitas vezes basta ser: Colo que acolhe, Braço que envolve, Palavra que conforta, Silêncio que respeita, Alegria que contagia, Lágrima que corre, Olhar que acaricia, Desejo que sacia, Amor que promove. E isso não é coisa de outro mundo, É o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela Não seja nem curta, Nem longa demais, Mas que seja intensa, Verdadeira, pura… Enquanto durar
    4 respostas · Livros e Autores · 4 anos atrás
  • Você sabe qual o momento de se recolher e de reabrir as expectativas para a vida?

    "De vez em quando, surge um vento mais forte e fecha as janelas pelo lado de fora. Quando acontece, é bobagem tentar brigar com o vento. A gente espera ele esvaziar e reabre as janelas pelo lado de dentro." (Ana Jácomo)
    "De vez em quando, surge um vento mais forte e fecha as janelas pelo lado de fora. Quando acontece, é bobagem tentar brigar com o vento. A gente espera ele esvaziar e reabre as janelas pelo lado de dentro." (Ana Jácomo)
    6 respostas · Filosofia · 4 anos atrás
  • Como você demonstra seu afeto?

    Vinicius de Morais um dia disse: "Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivesse morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos! A algum deles não procuro, basta-me saber que eles existem. Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida... mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adoro,... mostrar mais
    Vinicius de Morais um dia disse: "Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivesse morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos! A algum deles não procuro, basta-me saber que eles existem. Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida... mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adoro, embora não declare e não os procure sempre..."
    5 respostas · Amigos · 4 anos atrás