• Levedo de cerveja ajuda a engordar?

    Ações Terapêuticas Estimulante do sistema imunológico, complemento alimentar. Propriedades O suplemento nutricional Levedo de Cerveja é um composto concentrado de leveduras da espécie Saccharomyces cerevisiae, uma fonte natural de vitaminas do complexo B, que pode ser um reforço natural para o organismo se manter sempre forte e saudável. A... mostrar mais
    Ações Terapêuticas Estimulante do sistema imunológico, complemento alimentar. Propriedades O suplemento nutricional Levedo de Cerveja é um composto concentrado de leveduras da espécie Saccharomyces cerevisiae, uma fonte natural de vitaminas do complexo B, que pode ser um reforço natural para o organismo se manter sempre forte e saudável. A microflora intestinal é um pequeno ambiente ecológico, distribuído ao longo de todo o trato gastrintestinal, formado por organismo microscópico que trabalha incessantemente, tendo um papel-chave na garantia da saúde. A microflora também desenvolve uma ação desintoxicante, aumentando a eliminação de substancias nocivas. A microflora intestinal também produz algumas vitaminas reguladoras essenciais no processo orgânicos que entram no metabolismo de substâncias como os ácidos biliares. Essas vitaminas têm ação rápida e enérgica contra a colonização e o desenvolvimento de germes infecciosos. Mas para que a microflora intestinal cumpra seu papel dando equilíbrio ao seu organismo, ela precisa de proteção. Desequilíbrios alimentares, variações de clima e dieta, ataques de agentes infecciosos e uso de antibióticos prejudicam a flora intestinal, abrindo porta a vários distúrbios como a diarréia, sensação de mal estar, irritação da pele e das mucosas, debilidade, inchaço abdominal. O levedo contém células vivas de Saccharomyces, que se insere fisiologicamente ao ambiente intestinal e contribuem de modo direto para restabelecer o equilíbrio natural do sistema. Age de modo efetivo contra o desenvolvimento dos germes infecciosos (como a salmonela) e estimula os sistemas de defesa no confronto com germes patogênicos. O sistema imunológico contém vários tipos de células defensivas presente no sangue e nos tecidos. O organismo contrairá, segundo a eficácia do sistema imunológico, mais ou menos doenças infecciosas como câncer, reumatismo, nefrite e outras. Esse sistema pode ser comprometido por diversos fatores, entre os quais carência nutricional, alimentação errônea, estresse físico ou psíquico prolongado. Nesse caso, o auxilio de complementos alimentares é de grande importância. No levedo foram reconhecidos diversos fatores estimulantes das defesas imunológicas. Trabalhos referentes ao principio de ação do levedo sobre o sistema imunológico demonstram, de fato, um significativo aumento de glóbulos brancos, produtores de anticorpos específicos e sua eficácia contra infecções. O levedo é a forma mais inteligente de proteger a saúde e a forma física. Para isso é necessário integrá-lo à alimentação diária, especialmente quando passamos por uma nova estação. A mudança de clima faz com que as pessoas se sintam apáticas e cansadas. Tensões, ansiedade e excesso de trabalho podem também influir no quadro patológico. Freqüentemente, durante o ano, ocorrem situações em que é reduzida a capacidade de defesa, e são "queimadas" vitaminas em quantidade superior a necessária. Na primavera, é comum ver pessoas com alguns quilos a menos, com o rosto abatido, cabelos sem brilho e unhas frágeis. Nessas situações, o levedo auxilia a dieta hipocalórica, com nutrientes muito importantes para a saúde e a beleza. Em período de ferias, o delicado equilíbrio da flora intestinal pode estar sob risco, com as mudanças de clima, de dieta alimentar ou de ambiente. As pessoas submetem-se a viagens longas. Nesse caso o levedo também é um grande aliado da saúde. Com a chegada do inverno, vem os clássicos males: gripe, resfriado, dores de garganta e outros. Daí a necessidades dos antibióticos, que normalmente deixam algum desgaste como intestino solto, debilidade, etc. Desintoxicante do organismo, Pele mais saudável, Prisão de ventre, Auxiliar no tratamento de hemorróidas, Recompõe a flora intestinal e elimina as toxinas do intestino, Como é fonte de vitamina B é recomendado nos casos de diabetes, Reforça o sistema imunológico, A levedura é largamente utilizada para tratamento da doença “pelagra”, moléstia grave, caracterizada por erupções cutâneas, perturbações digestivas, nervosas e mentais. Precauções Este produto não engorda e pode ser utilizado por qualquer pessoa acima de sete anos de idade. Não deve ser submetido a altas temperaturas para não alterar suas propriedades nutricionais. Reações Adversas Utilizado em doses terapêuticas, não apresenta efeitos colaterais. Contra-Indicações É contra-indicado apenas para hipersensibilidade ao produto. Posologia 400mg, duas vezes ao dia. Sinônimos Sacaromisaes cerevisae Lucas.
    3 respostas · Dietas e Educação Física · 10 anos atrás
  • Quais os efeitos colaterias do Alestra 20?

    Alestra 20 A progesterona desse anticoncepcional tem pouco efeito androgênico que propiciaria aumento de peso, além de ter um certo efeito diurético Lucas
    Alestra 20 A progesterona desse anticoncepcional tem pouco efeito androgênico que propiciaria aumento de peso, além de ter um certo efeito diurético Lucas
    2 respostas · Saúde Feminina · 10 anos atrás
  • Alguem tem ou conhece som Lenox?

    Melhor resposta: A marca Lenox ja é antiga, não é como Aiwa, Sony, Pioneer, JVC, mas se ja existe a tanto tempo é porque deve ser boa... Lucas
    Melhor resposta: A marca Lenox ja é antiga, não é como Aiwa, Sony, Pioneer, JVC, mas se ja existe a tanto tempo é porque deve ser boa... Lucas
    1 resposta · Equipamentos de Som · 10 anos atrás
  • Gostaria de saber como se escreve letícia em grego?

    Acho que assim: Λητιθα Lucas
    Acho que assim: Λητιθα Lucas
    2 respostas · Outras - Entretenimento · 10 anos atrás
  • Gostaria de saber o que é Espondiloartrose lombo-sacra incipiente.?

    Melhor resposta: A Espondilite Anquilosante é um tipo de artrite sistêmica que afeta a coluna vertebral, resultando em enrijecimento das articulações vertebrais e crises dolorosas, entre outros sintomas. A doença afeta 1-5 de cada 1.000 pessoas. Apesar de poder ocorrer em qualquer faixa etária, ela é 3 vezes mais comum em homens entre os 20 e 30... mostrar mais
    Melhor resposta: A Espondilite Anquilosante é um tipo de artrite sistêmica que afeta a coluna vertebral, resultando em enrijecimento das articulações vertebrais e crises dolorosas, entre outros sintomas. A doença afeta 1-5 de cada 1.000 pessoas. Apesar de poder ocorrer em qualquer faixa etária, ela é 3 vezes mais comum em homens entre os 20 e 30 anos de idade. QUAIS OS PRINCIPAIS SINTOMAS DA ESPONDILITE ANQUILOSANTE? Dor constante e sensação de rigidez na região lombar, com duração superior a 3 meses. Tipicamente, a dor é mais intensa no período da manhã, chegando a dificultar a saída da cama. Em algumas pessoas, a dor pode iniciar no quadril, nos joelhos ou nos ombros, confundindo o diagnóstico correto. A dor resulta de inflamação nas articulações afetadas. Nos casos mais prolongados, a espondilite pode levar à fusão anormal de ossos no pescoço, na coluna lombar ou na articulação do quadril. A dor crônica também pode levar a pessoa a adotar uma posição curvada para frente, uma vez que é doloroso estender as costas. A espondilite também pode afetar alguns ligamentos e tendões. A Tendinite (inflamação do tendão) também pode causar dor e limitação dos movimentos, sendo mais comum no tendão de Aquiles. Como a espondilite é uma doença sistêmica, seus sintomas podem não se limitar apenas às articulações. Algumas pessoas afetadas se queixam de febre, fadiga e diminuição do apetite. Em casos mais raros, podem ocorrer inflamação nos olhos, problemas no coração e alterações nos pulmões. O QUE CAUSA A ESPONDILITE ANQUILOSANTE? Apesar da causa do problema ser desconhecida, existem fortes evidências científicas apontando para fatores genéticos e familiais. COMO A ESPONDILITE ANQUILOSANTE É DIAGNOSTICADA? O diagnóstico baseia-se no padrão dos sintomas, nas alterações ao exame médico e em resultados de radiografias e testes laboratoriais. Os sintomas que levantam a maior suspeita de espondilite são dor e rigidez matinal na coluna vertebral, especialmente nas regiões do pescoço e na coluna lombar. Infelizmente, como estas manifestações são pouco específicas, o diagnóstico de Espondilite pode levar vários anos até ser feito. Isto é especialmente comum em mulheres. Outras pistas para o diagnóstico incluem alterações nas radiografias da coluna vertebral e exames de sangue para um marcador genético, o gene HLA-B27 (mais de 90% das pessoas que sofrem de espondilite anquilosante testam positivo para este marcador). Seu médico poderá solicitar mais exames, caso seja necessário excluir outras doenças que possuem manifestações similares à espondilite. COMO A ESPONDILITE ANQUILOSANTE É TRATADA? Apesar de não existir cura para a Espondilite, alguns tratamentos podem reduzir a dor e a rigidez, mantendo uma boa postura, evitando deformidades e preservando a habilidade de realizar as tarefas habituais do dia a dia. Os principais recursos para o tratamento incluem fisioterapia (um programa diário de exercícios para fortalecer a musculatura e evitar ou minimizar o risco de incapacitação) e medicamentos (antiinflamatórios, corticosteróides e anti-reumáticos são os mais empregados). Nos casos mais graves, pode ser necessário substituir a articulação deformada (p.ex.: joelhos ou quadril) por próteses articulares. Outras recomendações úteis para pessoas que sofrem de espondilite anquilosante incluem: o Não fume e mantenha-se dentro do seu peso ideal. o Utilize colchões firmes e travesseiros finos. o Mantenha sempre um bom posicionamento corporal ao andar e sentar (cadeiras com braços são uma ótima escolha). o Evite esportes de impacto que possam traumatizar a coluna cervical ou as costas. Preferir atividades físicas como natação e alongamentos. o Durante as crises, aplique compressas quentes sobre os locais mais doloridos.
    1 resposta · Outras - Doenças · 10 anos atrás
  • Aonde encontro o esquema Elétrico do gol 90 motor CHT ?

    Melhor resposta: Na net não achei, derepente indo a concessionaria vc consegue uma copia... Lucas
    Melhor resposta: Na net não achei, derepente indo a concessionaria vc consegue uma copia... Lucas
    1 resposta · Consertos e Manutenção · 10 anos atrás
  • Não é exatamente uma pergunta e sim um convite:?

    Melhor resposta: Show de Bola...
    Melhor resposta: Show de Bola...
    1 resposta · Videogames e Jogos Online · 10 anos atrás
  • Onde posso encontrar acessórios para moto XR 200?

    Melhor resposta: Qual cidade/estado?
    Melhor resposta: Qual cidade/estado?
    1 resposta · Motocicletas · 10 anos atrás
  • Tenho uma GRANA e quero aplicar em fundos renda fixas ou?

    Melhor resposta: Tiago, Com a baixa da bolsa é um momento bom de investir, contudo em empresas fortes (Vale, Petrobras...) Lucas
    Melhor resposta: Tiago, Com a baixa da bolsa é um momento bom de investir, contudo em empresas fortes (Vale, Petrobras...) Lucas
    5 respostas · Investimentos · 10 anos atrás
  • Pendrive 1 GB V30 JET FLASH...?

    Melhor resposta: É a referencia do produto, exemplo impressora c-62 e só o nome... Lucas
    Melhor resposta: É a referencia do produto, exemplo impressora c-62 e só o nome... Lucas
    1 resposta · Outros - Hardware · 10 anos atrás
  • Meu corsa wind 1.0 faz 10 km com 01 litro?

    Tem realmente algum problema, pois tenho um palio 1.5 e faz 10,5, pode ser tanto falta de regulagem quanto algum vazamento, so indo no mecanico para saber... Lucas
    Tem realmente algum problema, pois tenho um palio 1.5 e faz 10,5, pode ser tanto falta de regulagem quanto algum vazamento, so indo no mecanico para saber... Lucas
    4 respostas · Outros - Carros e Transportes · 10 anos atrás
  • Deolinda G.(geografa)e Bidu ainda são desenhistas ?

    Melhor resposta: É uma mensagem subliminar? Não entendi nada...
    Melhor resposta: É uma mensagem subliminar? Não entendi nada...
    2 respostas · Quadrinhos e Animação · 10 anos atrás
  • Jogo da seleção na tv, final de copa, BRASIL X ARGENTINA. Todos tensos, mó animação, NA HORA DO HINO SAI ISSO?

    Melhor resposta: O dinheiro remove, montanhas, paises e muito mais...
    Melhor resposta: O dinheiro remove, montanhas, paises e muito mais...
    4 respostas · Yahoo Respostas · 10 anos atrás
  • Concurso. Ajudinha...?

    Melhor resposta: De graça não achei, mas custa 20,00 no site abaixo: http://www.didaticadosconcursos.com.br/i... Lucas
    Melhor resposta: De graça não achei, mas custa 20,00 no site abaixo: http://www.didaticadosconcursos.com.br/i... Lucas
    1 resposta · Outras - Educação · 10 anos atrás
  • Como eu pego o ladrão do the sims2 bustin'out para ps2?

    Melhor resposta: Chama o pessoal do Tropa de Elite ou até o Juvenal da novela das oito.....
    Melhor resposta: Chama o pessoal do Tropa de Elite ou até o Juvenal da novela das oito.....
    1 resposta · Outras - Jogos e Recreação · 10 anos atrás
  • Em relação ao modem SpeedStream 5200!?

    Melhor resposta: Eu tenho o SpeedStream 4200, tbem fiz router, no momento da instalaçao, quem me ajudou foi o pessoal da operadora da banda larga (Brasiltelecom) por telefone foi bem facil, te diria para ligar para a tua operadora na assistencia tecnica e eles com certeza iram te ajudar... Um conselho me bati um monte na minha rede domiciliar,... mostrar mais
    Melhor resposta: Eu tenho o SpeedStream 4200, tbem fiz router, no momento da instalaçao, quem me ajudou foi o pessoal da operadora da banda larga (Brasiltelecom) por telefone foi bem facil, te diria para ligar para a tua operadora na assistencia tecnica e eles com certeza iram te ajudar... Um conselho me bati um monte na minha rede domiciliar, porque o firewall do meu antivirus estava bloqueando o trafego de informações, confira este item tbem. Lucas
    1 resposta · Redes de Computadores · 10 anos atrás
  • Prolactina?

    IV – PROLACTINA A prolactina tem papel inequívoco na secreção láctea. No momento é difícil apontar um efeito na esteroidogênese ovariana, mas é possível que o ovário seja um órgão efetor tanto quanto a mama. Há possibilidade de que participe na regulação da água e metabolismo eletrolítico. Tal foi sugerido, por exemplo, no controle do... mostrar mais
    IV – PROLACTINA A prolactina tem papel inequívoco na secreção láctea. No momento é difícil apontar um efeito na esteroidogênese ovariana, mas é possível que o ovário seja um órgão efetor tanto quanto a mama. Há possibilidade de que participe na regulação da água e metabolismo eletrolítico. Tal foi sugerido, por exemplo, no controle do volume de líquido aminiótico, no qual seus níveis são cerca de 50 vezes maiores que os da circulação materna e fetal. A molécula da prolactina apresenta uma série de semelhanças com as moléculas do hormônio de crescimento e do hormônio lactogênico placentário, sugerindo que resultaram da evolução de um ancestral comum. São cadeias peptídicas simples, com 2 a 3 pontes di-sulfídicas e sem grupo glicídico. Os outros dois possuem 191 ácidos aminados, tendo a prolactina 198. Valores Normais Há um ritmo diário na secreção da Prolactina, com suas taxas elevando-se durante o sono, mesmo em cochilos durante o dia. Tal comportamento não interfere com a dosagem, feita na parte da manhã, sem obrigatoriedade de jejum absoluto. Para fugir de influências emocionais há quem sugira dupla colheita, com intervalo de 30 minutos, e a dosagem quer das duas amostras, quer de um “pool” preparado com partes iguais de soro (não utilizar plasma). A prolactina estabiliza-se à puberdade, e seus valores mais elevados no sexo feminino são atribuídos à influência dos estrogênios. A prolactina pode eventualmente deixar de ser titulável e assim admite-se a faixa de normalidade na mulher adulta de 0 a 20 ng/ml. Não há variações consistentes da prolactina durante o ciclo menstrual, porém preferimos a dosagem entre 21o e 23o dias, para fazê-lo juntamente com a da progesterona, visando avaliação de possível significado em casos de esterilidade. Logicamente em pacientes amenorréicas tal preocupação não tem lugar, mesmo porque neste caso não há interesse prático na dosagem de progesterona. Uso Propedêutico A dosagem de prolactina pode ser útil em diversas condições de hiperprolactinemia, desconhecendo-se qualquer patologia atribuível a baixos valores. 1 – Roteiro diagnóstico na Galactorréia Para situar o binômio galactorréia-hiperprolactinemia podemos estabelecer preliminarmente os seguintes dados: 1o ) pode haver galactorréia tendo sido ultrapassado o momento da elevação da prolactina: em apenas 70% encontramos a hiperprolactinemia; 2o ) na amenorréia com hiperprolactinemia, apenas cerca de 30% mostram galactorréia; 3o ) na amenorréia-hiperprolactinemia-galactorré... cerca de 30% tem micro-adenoma hipofisário. O melhor roteiro para investigação da galactorréia é descrito por Davajan & Kletzky (1978): ROTEIRO DIAGNÓSTICO DA GALACTORRÉIA Notar que a dosagem inicial é a do hormônio tireotrófico, afim de afastar o hipotireoidismo, causa frequente de galactorréia. A grande preocupação, porém, é o adenoma hipofisário, e a história menstrual não auxilia, pois mulheres com menstruações regulares podem ter galactorréia provocada por tumor; e ainda, casos de galactorréia por adenoma podem mostrar níveis normais de prolactina, embora presentes oligomenorréia ou mesmo amenorréia. Desta forma a dosagem de prolactina não é conclusiva e deve ser associada à investigação radiológica. A lembrança do adenoma hipofisário obriga a um acompanhamento prolongado, pois seu aparecimento pode ser surpreendido somente ao cabo de anos decorridos do problema inicial. Considerando a seriedade do quadro é imprescindível a confirmação do resultado: repetição do exame após duas semanas e afastamento das causas iatrogências de hiperprolactinemia (tranquilizantes, anti-hipertensivos do grupo serpasol, pílulas anti-concepcionais). 2 – Diagnóstico de Distúrbios Menstruais, Amenorréia e Esterilidade por Hiperprolactinemia O aumento da prolactina pode ocorrer na ausência de adenoma hipofisário, por distúrbio de seu mecanismo regulador. À hiperprolactinemia associam-se, por vezes, oligo e/ou hipomenorréia, esterilidade, e mesmo, para alguns autores, a síndrome do ovário policístico. O significado prático desta correlação é a possibilidade do tratamento de problemas da esfera ovariana com a correção farmacológica dos níveis de prolactina. ***** & cols. (1982) analisando dosagens de prolactina e progesterona em casos de esterilidade, investigam as hipóteses etiopatogênicas, considerando os efeitos da hiperprolactina ao nível do ovário, da hipófise, e do hipotálamo, e concluem que a questão central, a anovulação, não é consequência do aumento da prolactina. Sugerem que ambos os distúrbios seriam produzidos por uma disfunção hipotalâmica primitiva. PROVAS FUNCIONAIS DA PROLACTINA As provas funcionais da prolactina envolvem o estímulo ou a inibição, e são utilizadas para identificar o adenoma na hiperprolactinemia, ou comprovar a secreção nula após cirurgia ou radioterapia; ou Síndrome de Sheehan (necrose isquêmica da hipófise); ou, por fim, quadro de sela túrcica vazia. Entretanto, os adenomas secretantes de prolactina, antes que verdadeiras neoplasias, são uma hipertrofia de células lactotróficas secundária a um desequilíbrio PIF-PRL, condição análoga à observada na gravidez normal. Daí a ineficiência das provas dinâmicas que, em alguns casos, podem dar respostas normais a despeito da presença do tumor. Para conhecimento, todavia, podemos alinhar as provas abaixo. Prova Droga Dose Via Colheitas Local de Ação Estímulo 1. Sulpiride 100 mg i.m. 0' 60' 120' 180' Hipotálamo 2. TRH 0,2 mg i.v 0' 15' 30' 60' Hipófise Inibição 3. L-Dopa 500 mg oral 0' 60' 120' 180' Hipotálamo 4. Bromo- ergocriptina 2,5 mg oral 0' 120' 240' 24h Hipotálamo Produtos comerciais utilizados: 1. Sulpiride: Equilid – Modulan – Dogmatil (ampola de 100 mg). Resposta normal: elevação superior a 3 vezes o valor basal. 2. TRH: “TRH Roche” – ampola de 0,2 mg (200 microgramas). Resposta normal: elevação superior a 5 vezes o valor basal. 3. L-Dopa: Larodopa Roche (comprimidos de 500mg). Resposta normal: diminuição superior a 50%, por vezes comprovada somente na última amostra. 4. Bromo-ergocriptina: Parlodel Sandoz (comprimidos de 2,5 mg) Resposta normal: diminuição superior a 50%, por vezes comprovada na manhã seguinte.
    2 respostas · Saúde Feminina · 10 anos atrás
  • Frete,e bom negocio?com fiorino ou corsa?

    Melhor resposta: Fiorini acho mais reforçada...
    Melhor resposta: Fiorini acho mais reforçada...
    4 respostas · Pequenas Empresas · 10 anos atrás
  • Entorse e fratura da tibia , e atrofia de sudeck ?

    Melhor resposta: Introdução A distrofia simpático-reflexa (DSR) foi inicialmente descrita por Mitchell em 1864, durante a guerra civil americana, como quadro de edema doloroso em uma extremidade após ferimentos por arma de fogo, acompanhado de alterações vasomotoras e tróficas (1). Desde então, esta doença vem recebendo diversas terminologias,... mostrar mais
    Melhor resposta: Introdução A distrofia simpático-reflexa (DSR) foi inicialmente descrita por Mitchell em 1864, durante a guerra civil americana, como quadro de edema doloroso em uma extremidade após ferimentos por arma de fogo, acompanhado de alterações vasomotoras e tróficas (1). Desde então, esta doença vem recebendo diversas terminologias, tais como algodistrofia, causalgia, atrofia de Sudeck, síndrome ombro-mão, neuroalgodistrofia, distrofia simpática pós-traumática ou síndrome dolorosa regional complexa tipo 1 (2). Clinicamente, a DSR se apresenta mais freqüentemente como dor persistente de forte intensidade em uma extremidade, geralmente desproporcional ao evento desencadeante. A dor é associada a descritores de dor neuropática (queimação, disestesia, parestesia, alodínia e hiperalgesia ao frio) e sinais clínicos de disfunção autonômica (cianose, edema, frio, alteração de transpiração e pilificação local) (3). Veja mais no site abaixo; http://www.jped.com.br/conteudo/04-80-02... Lucas
    2 respostas · Saúde Masculina · 10 anos atrás